Com uma cobertura em formato de folhas e a fachada remodelada nas cores do Sport Club Internacional, o Beira-Rio, em Porto Alegre, está modernizado e pronto para a Copa do Mundo de 2014. O novo “Gigante” recebeu o primeiro jogo no dia 15 de fevereiro de 2014. A bola rolou na partida válida pelo campeonato estadual do Rio Grande do Sul, que terminou com a vitória dos Colorados por 4 x 0 sobre o Caxias. A capacidade do estádio foi limitada a dez mil torcedores. O lateral-esquerdo Fabrício marcou o primeiro gol da arena, aos 21 minutos do primeiro tempo.

Clique na imagem para ver o infográfico completo#

Cinco dias depois, a presidenta DIlma Rousseff visitou o local e após posar para fotos, se dirigiu ao campo e fez uma "tabelinha" com o meia argentino D'Alessandro, do Internacional. A reinauguração oficial, no entanto, ocorreu no dia 05 de abril, com espetáculo que contou a história do clube por meio de partidas que o time disputou, gols e títulos, com textos escritos por Luis Fernando Verissimo, Martha Medeiros, Luis Augusto Fischer e Frank Jorge. Os números musicais ficaram por conta da banda Blitz e do DJ inglês Fatboy Slim. No dia seguinte, aniversário de 45 anos do estádio, o Colorado venceu amistoso contra o uruguaio Peñarol, por 2x1.

Localizado em uma área privilegiada – às margens do Guaíba e circundado por duas grandes vias de acesso –, o palco gaúcho de cinco jogos do Mundial passou por uma reforma que durou 24 meses e teve investimento de R$ 330 milhões, com financiamento federal de R$ 275,1 milhões via Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O novo Beira-Rio tem capacidade para 50 mil torcedores.

Gigante da Beira-Rio

O projeto do novo estádio manteve a estrutura principal do Beira-Rio, com a modernização das arquibancadas e das instalações para o público em geral, áreas VIPs, troca dos sistemas elétricos e hidráulicos, complementação dos sistemas de informação, substituição do gramado, construção da cobertura com estrutura metálica e membrana, além de um edifício garagem.

A estrutura das rampas de acesso à arquibancada superior foi mantida em concreto aparente no intuito de valorizar a composição existente dos pilares e vigas inclinadas. Destaque e distinção maiores foram dados ao acesso da zona mista, onde o trecho de fachada é revestido com uma pele de vidro.

» Confira os jogos de Porto Alegre na Copa do Mundo

Divulgação Internacional#

Experiência diferenciada

O novo Beira-Rio propiciará uma nova experiência aos torcedores. A cobertura é formada por 65 módulos, em formato de folhas, e cobre todos os lugares do estádio, inclusive as rampas e acessos aos portões. Os assentos, retráteis e com rebatimento automático, estão dispostos de maneira a garantir mais espaço para a circulação dos torcedores.

A torcida passa a ficar mais perto do gramado: a distância da arquibancada até a marca de escanteio é de 9,7 metros, tendo avançado 15 metros em relação ao projeto anterior. O público conta com 17 acessos, sendo dois construídos especialmente para cadeirantes. Com isso, mesmo que esteja lotado, o Beira-Rio pode ser completamente evacuado em oito minutos. São 130 catracas para a entrada dos torcedores e 14 torres de circulação. Há cinco mil vagas de estacionamento à disposição, das quais três mil são cobertas.

Ao todo, o local conta com 81 banheiros, sendo 31 femininos, 31 masculinos, oito infantis e quatro destinados a pessoas com necessidades especiais. Além disso, há dois banheiros integrados aos vestiários e outros para atendimento às lojas, imprensa e cabines de controle.

A cobertura reduz as ilhas de calor e minimiza o impacto no microclima. Nos módulos principais (folhas), a membrana é opaca e entre eles é translúcida, o que permite a iluminação interna do estádio. Além disso, a cobertura é "autolimpante", usa o mínimo de água possível e reduz a absorção do calor. Há também um efeito estético secundário de demarcação da estrutura das folhas e realce da concepção arquitetônica com as membranas translúcidas.

Paulino Menezes/ Portal da Copa#

Mais conforto

Para garantir o espetáculo, o projeto do novo Beira-Rio também se preocupou com o conforto dos jogadores, comissões técnicas e árbitros. O gramado atende a padrões internacionais de qualidade, com grama natural do tipo Bermuda Tifgrand, que possui maior resistência às baixas temperaturas e ao pisoteio. Os sistemas de irrigação e drenagem foram modernizados. O campo de futebol tem dimensões de 105 metros por 68 metros e foi reposicionado em relação ao antigo estádio, ficando mais centralizado em quatro metros.

O nível de iluminação da arena tem características próximas às da luz do dia. Os novos vestiários, mais amplos e bem estruturados, são iguais para o time mandante e o visitante. Há vestiários exclusivos para os árbitros.

Confira todos os detalhes do estádio Beira-Rio

» Veja com o meia Alex os detalhes do palco gaúcho para cinco jogos da Copa do Mundo

» Beira-Rio: 50 mil assentos com mais conforto e segurança aos torcedores

» Beira-Rio: gramado mais resistente e iluminação renovada

» Beira-Rio: obras e operação baseadas em conceitos de sustentabilidade

» Beira-Rio: shopping no térreo, conforto nos camarotes e nas áreas de convivência

» Colorados se emocionam no retorno do Beira-Rio

» Presidenta Dilma Rousseff faz "tabelinha" com capitão do Internacional no pontapé inicial do Beira-Rio

Paulino Menezes/ Portal da Copa#

Portal da Copa