Zico anuncia que não é mais treinador da seleção do Iraque

28/11/2012 - 11:22
Ex-jogador brasileiro publicou em seu site a decisão. Iraque ainda luta por vaga na Copa do Mundo de 2014

O treinador brasileiro Zico publicou hoje, em seu site oficial, que não é mais técnico da seleção do Iraque. Ele tinha contrato para dirigir a equipe nacional iraquiana até 2014.

Zico estava à frente do time desde agosto de 2011 e o comandou em 24 partidas (12 vitórias, seis empates e seis derrotas). O Iraque ocupa a terceira posição no Grupo B das Eliminatórias da Ásia para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. Veja como está a tabela de classificação da Eliminatórias.

Leia a íntegra da nota de Zico:

"Venho por meio do meu site informar que, por volta das 12h desta terça-feira, horário de Brasília, enviei comunicação oficial à FIFA, entidade máxima do futebol mundial, e à IFA, que é a associação iraquiana de futebol, declarando que considero meu contrato rescindido por descumprimento da IFA. Em breve prestarei mais esclarecimentos."

Na manhã desta quarta-feira, durante a Soccerex, no Rio de Janeiro, o ex-jogador do Flamengo e da Seleção Brasileira comentou o assunto. "Saí por não cumprimento das cláusulas. A  gente tem um limite. Estava me prejudicando, estava estressado. Todos os dias eu tinha problemas. Eu lamento pelos jogadores e pelo povo iraquiano, que é apaixonado por futebol, mas não dava. Fiz o que consciência estava pedindo", disse.

Portal da Copa


 

Notícias Relacionadas

Coordenador geral de seleções, Gilmar Rinaldi, confirmou que o Brasil será comandado pelo treinador da equipe de base, Alexandre Gallo, nas Olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro. Novos membros da comissão técnica serão anunciados em breve
+
Galinho vai torcer pelos algozes do Brasil, embora admita que Messi tenha capacidade de dar o título para a Argentina
+
Final da Copa Social reúne crianças de comunidades do Rio com a presença do ídolo Zico
+
Ex-jogador da Seleção Brasileira, artilheiro do estádio carioca com 333 gols, afirma após estreia da arena na Copa: "O Maracanã merecia um gol do Messi, daquele jeito”
+