Voluntariado é tema na maior feira de responsabilidade social do país

29/11/2013 - 19:08
Brasil Voluntário é apresentado no estande do governo federal, enquanto voluntários ajudam expositores e visitantes no evento

No segundo dia da Feira ONG Brasil o tema voluntariado foi destaque. O maior evento sobre responsabilidade social do país, realizado em São Paulo, conta com um apoio extra: cerca de 30 voluntários da UBM Brazil, idealizadora e organizadora do congresso, dão suporte aos visitantes e participantes. Para reforçar ainda mais o tema, o Brasil Voluntário apresentou mais uma vez a experiência da Copa das Confederações da FIFA 2013 e tirou as dúvidas dos interessados.

Foto: Leonardo Dalla#Em sua quinta edição, a ONG Brasil apoia expositores e visitantes a apresentarem novidades sobre projetos, desenvolvimento e realização de congressos de capacitação. Para ajudar na realização do evento, a Feira conta com o apoio de voluntários. Lara Siqueira (foto) é a responsável por organizar as oficinas culturais. “Esta é a segunda vez que sou voluntária na ONG Brasil e é muito gratificante. Este é um evento de responsabilidade social e uma grande oportunidade”, diz Lara. Para ela, responsabilidade e comprometimento devem ser as principais características de quem quer seguir o caminho do voluntariado.

Um dos objetivos da Feira é fomentar este tipo de atuação para quem passar pelos estandes. “A ONG Brasil também tem como foco dar a oportunidade às diversas organizações presentes de se apresentarem aos voluntários em potencial, aquelas pessoas que vêm conhecer e querem ajudar”, explica o diretor-geral da UBM Brazil, Joris Van Wijk, anfitrião do evento.

Um dos projetos apresentados aos visitantes, e também aos expositores, foi o Brasil Voluntário, o programa de voluntariado do governo federal para a Copa das Confederações e Copa do Mundo da FIFA 2014. Na Roda de Debates no estande do governo federal, o programa foi apresentado como um projeto que busca o engajamento social para a realização de megaeventos esportivos no Brasil. “Os voluntários são muito importantes para fazer a Copa do Mundo, mas são muito mais importantes para engajar a comunidade a participar. Se eles participam, este evento não é mais dos organizadores, é do Brasil”, afirmou Joris.

A voluntária da Organização Mãos que Ajudam, Alessandra Myrrha, participou do Brasil Voluntário em Belo Horizonte durante a Copa das Confederações da FIFA 2013. “A experiência foi boa. Pude perceber que o brasileiro tem um bom coração e está pronto para ajudar. Eu faço este trabalho pela Mãos que Ajudam há pelo menos 20 anos e nunca me canso. Aprendi que é muito mais importante dar do que receber”, diz Alessandra que atende, voluntariamente, no estande da organização.

Governo federal

A Feira ONG Brasil continua no sábado (30.11) com extensa agenda de exposição e palestras. O governo federal apresenta o Seminário Democracia, Participação Social e Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil, das 10h às 16h. O workshop irá discutir os caminhos possíveis para a sustentabilidade econômica das organizações da sociedade civil.

Leonardo Dalla – Brasil Voluntário

Notícias Relacionadas

Estruturas como o Centro Integrado de Comando e Controle Móvel, usado no Mundial, foram empregadas na competição de vela que está sendo realizada no Rio de Janeiro
+
Terminais que tiveram obras entregues foram os melhores avaliados em levantamento realizado entre abril e junho
+
Ações do Mundial foram apresentadas a gestores públicos em encontro no Palácio do Planalto. Pronatec Turismo registrou mais de 166 mil matriculados até o início do torneio
+