Van Gaal destaca confiança holandesa e Del Bosque evita apontar um culpado na Espanha

13/06/2014 - 19:34
Treinador da Holanda espera melhora da equipe após goleada, enquanto comandante espanhol coloca a culpa em todo o time

Os 5 x 1 aplicados pela Holanda sobre a Espanha na estreia de ambas as seleções na Copa do Mundo da FIFA 2014 surpreendeu a todos, até mesmo aos treinadores das duas equipes. O vencedor, Louis Van Gaal, admitiu que não esperava que sua equipe marcasse tantos gols, embora soubesse de sua capacidade. Já o perdedor, Vicente Del Bosque, colocou a culpa da surpreendente derrota em toda a equipe.

Depois de golear os campeões do mundo, Van Gaal exaltou o foco de sua equipe, descartou euforia por conta do resultado, mas disse que o jogo dá confiança. “Vocês viram nos últimos 20 minutos, quando começamos a jogar com confiança, passando a bola, o quão bons eles são. Isso tem a ver com confiança e este resultado dá isso aos jogadores. Espero que possamos jogar melhor ainda”, elogiou o treinador, que espera um jogo completamente contra a Austrália na próxima rodada, um adversário que deve jogar todo recuado.

Foto: Vagner Vargas/Portal da Copa#Louis Van Gall: surpresa com a goleada da Holanda sobre a Espanha

O comandante da Holanda não escondeu a surpresa com a goleada obtida por seus atletas. Segundo ele, todos sabiam que tinham capacidade de vencer. “Tínhamos certeza de que eles iam atacar da forma como fizeram. Nos concentramos nisso e funcionou até melhor do que eu esperava”, revelou.

Do lado dos campeões do mundo, o discurso do técnico Del Bosque foi um só: não há um culpado pela derrota. O técnico enfatizou durante toda a coletiva que a culpa era de todos. “Não é o momento de buscar um culpado, a derrota não veio por causa de um jogador, mas sim pela fraqueza de toda a equipe”, afirmou, citando o goleiro Casillas, que falhou em um dos gols da Holanda.

Del Bosque lembrou que a Espanha também perdeu a primeira partida da Copa em 2010 e que o momento agora é de pensar nas próximas partidas. “A gente tem experiência com isso. Não quero comparar essa derrota à da Suíça (em 2010, na África do Sul), mas é só um jogo, são três pontos. Vamos com toda a força”, disse.

Vagner Vargas – Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Estudo revela que a ocupação hoteleira na cidade bateu recordes, chegando a 72,26% no período do Mundial
+
Tour 100% apresenta os bastidores do equipamento multiuso aos visitantes
+
Produto deve ser remodelado e seguir atendendo a turistas e baianos
+
Para o técnico brasileiro, o gol sofrido no início da partida diante da Holanda complicou a partida
+