Técnico holandês elogia preparo físico da equipe. Mexicano culpa a arbitragem

29/06/2014 - 17:00
Vitória da Holanda por 2 a 1 foi marcada pelo forte calor em Fortaleza e por reclamações do México contra a arbitragem

O treinador holandês Louis Van Gaal disse que o preparo físico da equipe foi fundamental para a virada diante do México por 2 a 1, no Castelão, em Fortaleza. “Até o último minuto nós estávamos com um melhor preparo físico que o adversário. Tenho que dar os parabéns aos jogadores. Eles se prepararam fisicamente e estavam muito concentrados para essa partida. Confiaram até o fim que poderiam reverter o resultado”, afirmou o técnico da Holanda. No primeiro tempo da partida, os termômetros na capital cearense marcavam 31 graus com sensação térmica de 36.

Van Gaal elogiou ainda a entrada do atacante Huntelaar, que marcou o gol de pênalti nos acréscimos da partida e garantiu a vitória para a Holanda. “Temos uma sequência de batedores e o Huntelaar estava se sentindo bem para bater. Ele fez um trabalho excelente enquanto esteve em campo”, disse o técnico, que colocou o atacante no lugar de Van Persie. “A substituição do Van Persie foi por uma questão tática. Mas ele se recuperou de contusão recentemente e é difícil para conseguir se manter em campo nos 90 minutos”, afirmou o treinador. "Eu estava muito confiante para bater o pênalti. Esse jogo foi adrenalina pura. Estamos preparados para vencer o campeonato", resumiu o atacante Huntelaar.  

Holanda x México - Castelão

Holanda x México - Castelão

México

O treinador mexicano Miguel Herrera criticou a arbitragem do português Pedro Proença durante a partida contra a Holanda. Para ele, o pênalti marcado no atacante Robben foi “inventado”. “Estou muito satisfeito com o desempenho dos jogadores. Mas a Holanda, com uma ajuda da arbitragem, conseguiu marcar o gol que vai levá-la para a próxima fase”, disparou o treinador. “Infelizmente, fomos prejudicados em três dos quatro jogos nesta Copa do Mundo”.

O atacante Chicharito Hernandez, do Manchester United, disse que ficou para os mexicanos o gosto amargo de estar próximo da classificação e perder nos últimos minutos. “Estivemos muito perto de ter vencido. Estamos todos muito tristes”, disse o camisa 14 do México, que entrou na segunda etapa no lugar de Peralta.

Números do jogo

A Holanda teve 55% de posse de bola contra 45% dos mexicanos na partida deste domingo, na Arena Castelão. O time europeu teve também mais chutes a gol (14 contra 12) e escanteios conquistados (10 contra 2). O México cometeu mais faltas: 12 a 8. O público no estádio foi de 58.817.

Thiago Cafardo, do Portal da Copa em Fortaleza   

Notícias Relacionadas

Na arena Castelão, foram 49,4 toneladas, enquanto na Fan Fest foram outras 41,4 toneladas. Atividade envolveu 350 catadores de 17 instituições
+
Aeroportos, segurança pública e atrativos turísticos têm mais de 80% de aprovação entre os profissionais de imprensa
+
Ao todo, 1,6 milhão de passageiros passaram pelos terminais entre 10/6 e 13/7. A cada 10 passageiros que desembarcaram no país, um passou pela capital
+