Suíça tem mais tradição que o Equador em Copas do Mundo

14/06/2014 - 23:28
Time europeu tem a seu favor a experiência de nove Mundiais contra apenas duas participações do Equador, que não disputou a Copa de 2010, na África do Sul

Luiz Roberto Magalhães/Portal da Copa#Jogadores da Suíça, em treino de reconhecimento do estádio Mané Garrincha: time quer uma vaga para as oitavasA Suíça, que neste domingo (15.06) enfrenta o Equador, às 13h, no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, na primeira partida da capital na Copa do Mundo FIFA 2014, tem mais tradição que o adversário: foram nove participações desde 1934, na Itália, contra apenas duas dos sul-americanos, que estrearam em 2002, na Coreia do Sul e do Japão e não se classificaram para a Copa da África do Sul, em 2010.

Uma das melhores campanhas da Suíça aconteceu em 2006, na Alemanha, quando a equipe não levou gols. O time ficou em primeiro lugar na fase de grupos, numa chave que tinha França e Coreia do Sul, semifinalista em 2002. Mas caiu nas oitavas de final, na disputa de pênaltis diante da Ucrânia.

Em 1954, em casa, os europeus ficaram em segundo num grupo que tinha Itália, Inglaterra e Bélgica. Na segunda fase, porém, perderam para a Áustria por 7 x 5. O país também já ficou 28 anos (seis edições) sem se classificar para Copa, entre 1966 e 1994. E terminou em último lugar em duas ocasiões: 1962 e 1966.

De acordo com o jornalista Gianni Wyler, do jornal suíço Blick, os torcedores do país não acreditam que a seleção passará das oitavas de final, apesar da sexta colocação no ranking da FIFA. “O time é muito jovem. Vencemos Brasil (1 x 0, em 2013) e Alemanha (5 x 3, em 2012) em amistosos, mas na Copa é tudo mais difícil”, explica.

» Em dia histórico para a capital federal, Suíça e Equador abrem a Copa em Brasília

Luiz Roberto Magalhães/Portal da Copa#Goleiros do Equador treinam no estádio: equipe deverá ter apoio da torcida brasileira

Já o Equador caiu na fase de grupos em 2002 e chegou às oitavas de final em 2006 – derrota por 1 x 0 para a Inglaterra, O repórter e comentarista Roberto Machado, da rádio Mach Deportes, de Quito, crê que a seleção chegará à mesma fase na edição deste ano – uma boa participação para os padrões do país.

O jornalista explica a evolução do futebol local. “Começou quando contratamos o técnico montenegrino Dušan Drašković”, conta Machado. “Depois dele, vieram vários treinadores colombianos, que ajudaram a melhor o nível técnico, tático e físico do nosso futebol”, completa. Reinaldo Rueda comanda o time desde 2010.

Suíça

» 6ª no ranking da FIFA

Em Copas do Mundo

9 participações
29 jogos
9 vitórias
6 empates
14 derrotas
38 gols marcados
52 gols sofridos

Campanhas

1934 - 7º
1938 - 7º
1950 - 6º
1954 - 8º
1962 - 16º (último)
1966 - 16º (último)
1994 - 15º
2006 - 10º
2010 - 19°

Equador

» 26º no ranking da FIFA

Em Copas do Mundo

2 participações
7 jogos
3 vitórias
4 derrotas
7 gols marcados
8 gols sofridos

Campanhas

2002 – 24º
2006 – 12º

Renato Freire, do Portal da Copa em Brasília

Notícias Relacionadas

Mundial de futebol quebrou recordes históricos e se tornou o evento mais comentado do ano nas redes sociais em todo o mundo
+
Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Evento “Copa 2014: legados para o Brasil” mostra resultados econômicos, culturais e de infraestrutura
+