Saiba como os 12 estádios em construção para a Copa do Mundo terminaram 2011

11/01/2012 - 15:15
A galeria de fotos, com opção para download de imagens em alta resolução, mostra um panorama de como as arenas nacionais para a Copa de 2014 encerraram o ano

Belo Horizonte – Mineirão

Com 1,5 mil operários em atuação no fim do ano, o Mineirão abriu 2012 com 100% das demolições internas e externas concluídas. Além disso, 85% do trabalho nas fundações internas e 75% nas externas estão finalizados. O estádio vai abrigar três partidas da Copa das Confederações, em 2013, e seis da Copa de 2014, incluindo uma semifinal. A previsão de conclusão é 21 de dezembro de 2012.  O campo foi rebaixado em 3,4 metros – para que os espectadores fiquem mais próximos – e há um trabalho de recuperação estrutural, instalação de telões e construção de novos acessos à arena. A capacidade será de 67 mil pessoas.

Daniel Basil/Monitoramento/ME/Dezembro de 2011#

» Baixe as imagens do Mineirão em alta resolução: Foto 1 - Foto 2 - Foto 3 - Foto 4
 



Brasília - Estádio Nacional

O Estádio Nacional receberá sete partidas em 2014, sendo uma da Seleção Brasileira e a disputa pelo terceiro lugar. A arena, que também será palco da abertura da Copa das Confederações, em 2013, terá capacidade ampliada de 45 mil para 71 mil pessoas. O projeto prevê cobertura em estrutura metálica, novas arquibancadas, eliminação da pista de atletismo e rebaixamento do gramado. O cronograma está em dia. A previsão oficial é de que seja entregue no fim de 2012. Na atual fase, é possível ver as pilastras que rodearão as arquibancadas pelo lado externo e que darão sustentação à cobertura. Os responsáveis pela obra buscam o mais alto grau de certificação ambiental concedido pela ONG Green Building Council. A cobertura terá células para captação de luz solar, com capacidade de obter até 2,5 megawatts, o que corresponde a toda energia necessária para o funcionamento da arena.

Tomás Faquini/Monitoramento/ME/dezembro de 2011#

» Baixe as imagens do Estádio Nacional em alta resolução: Foto 1 - Foto 2 - Foto 3 - Foto 4
 



Cuiabá - Arena Pantanal

A Arena Pantanal encerrou 2011 com quase 40% da obra concluída, conforme o último relatório de execução emitido pelo consórcio Santa Bárbara/Mendes Júnior, responsável pelo empreendimento. A previsão de entrega do estádio, que receberá quatro partidas da Copa, é em dezembro de 2012. A ação emprega 650 pessoas em vários ramos da construção civil, número que deve chegar a mil em 2012. As etapas de drenagem e fundação estão praticamente concluídas, incluído a terraplanagem do campo de futebol. Em maio de 2012 está previsto o início do plantio do gramado.

José Medeiros/Monitoramento/ME/dezembro de 2011#

» Baixe as imagens da Arena Pantanal em alta resolução: Foto 1 - Foto 2 - Foto 3 - Foto 4
 



Curitiba - Arena da Baixada

Com investimento de R$ 234 milhões, de acordo com a Matriz de Responsabilidade, o clube ampliará a capacidade do estádio para 42 mil pessoas. O cronograma está mantido. A estimativa é de que a obra seja entregue em dezembro de 2012. A reinauguração está prevista para março de 2013, mês de aniversário da cidade. As intervenções passam pela conclusão da arquibancada do setor Madre Maria dos Anjos (paralela a Brasílio Itiberê), além da adequação de setores vip, tribuna de honra, hospitalidade, imprensa, vestiários.

Monitoramento/ME/dezembro de 2011#

» Baixe as imagens da Arena da Baixada em alta resolução: Foto 1 - Foto 2 - Foto 3 - Foto 4
 



Fortaleza – Castelão

Levantamento realizado pelo Consórcio Construtor do Castelão indica que, no fim de dezembro, o projeto alcançou 53% de conclusão. A obra é executada em quatro fases simultâneas. Duas estão concluídas.  Quando terminada, a arena será a maior do Norte/Nordeste. O estádio receberá uma semifinal da Copa das Confederações 2013 e seis jogos da Copa de 2014. A previsão é que seja concluído em dezembro de 2012. Entre as mudanças estão o rebaixamento do campo em quatro metros para garantir visibilidade total a todos os torcedores e uma cobertura com revestimento termoacústico, capaz de oferecer aos torcedores mais conforto e segurança, e melhorar a transmissão televisiva.

Fábio Lima/Monitoramento/ME/dezembro de 2011#

» Baixe as imagens do Castelão em alta resolução: Foto 1 - Foto 2 - Foto 3 - Foto 4

 



Manaus - Arena da Amazônia

Palco de quatro jogos da primeira fase da Copa, o estádio contará com cobertura fixa para as arquibancadas, feita em membrana de politetrafluoretileno (PTFE), material com maior durabilidade, luminosidade e conforto térmico. A arena terá restaurante, estacionamento subterrâneo, acessos para portadores de necessidades especiais e sistemas de reaproveitamento de água da chuva e de ventilação natural. A capacidade será de 43 mil pessoas, com investimento total de R$ 533,2 milhões, sendo R$ 400 milhões de financiamento federal. A previsão de entrega é junho de 2013.

Tomás Faquini/Monitoramento/ME/dezembro de 2011#

» Baixe as imagens da Arena da Amazônia em alta resolução: Foto 1 - Foto 2 - Foto 3 - Foto 4

 



Natal - Arena das Dunas

As intervenções previstas para 2011 no estádio de Natal para a Copa de 2014 foram concluídas antes do prazo estipulado, conforme informações da construtora responsável pelo empreendimento e do governo do Rio Grande do Norte. As etapas de demolição do ginásio Machadinho e do Machadão, drenagem e retirada da rede elétrica e terraplanagem foram concluídas. A sede potiguar vai receber quatro jogos da primeira fase do Mundial. A arena terá 45 mil lugares. A previsão para o término das obras é em dezembro de 2013.

Ana Araújo/Monitoramento/ME/dezembro de 2011#

» Baixe as imagens da Arena das Dunas em alta resolução: Foto 1 - Foto 2 - Foto 3 - Foto 4
 



Porto Alegre - Beira-Rio

Estimadas em R$ 290 milhões, de acordo com a Matriz de Responsabilidade atualizada em novembro de 2011, as obras no estádio do Internacional serão retomadas em 25 de janeiro, conforme garantiu o presidente do clube gaúcho, Giovanni Luigi, após pouco mais de seis meses de impasse entre o clube e a construtora. O novo Beira-Rio receberá moderna cobertura metálica, que protegerá os 60 mil lugares numerados, as rampas e os acessos aos portões. A arquibancada inferior será ampliada e ficará mais próxima do campo, e todo o anel inferior passará a contar com camarotes e suítes. A previsão de entrega, segundo a Matriz de Responsabilidade atualizada em novembro de 2011, é dezembro de 2012.

Gabriel Heusi/Monitoramento/ME/dezembro de 2011#

» Baixe as imagens do Beira-Rio em alta resolução: Foto 1 - Foto 2 - Foto 3 - Foto 4
 



Recife - Arena Pernambuco

A Arena Pernambuco encerrou 2011 com 30% das obras concluídas, segundo informações da construtora responsável. Com 2.115 funcionários trabalhando em turnos diurno e noturno, o objetivo é entregar a arena a tempo da Copa das Confederações, que será realizada em junho de 2013. A terraplenagem, que sofreu atrasos em função das chuvas de inverno, está concluída. As fundações estão em fase final, com avanço físico de 85,4%. Para garantir a aceleração da estrutura, foi instalada uma central de corte e dobra de aço e a fábrica de pré-moldados foi ampliada. O número de funcionários deve chegar a 2.500 no pico da obra, entre fevereiro e março deste ano. A previsão de finalização da obra, de acordo com a Matriz de Responsabilidade, é em dezembro de 2012.

Ana Araújo/Monitoramento/ME/dezembro de 2011#

» Baixe as imagens da Arena Pernambuco em alta resolução: Foto 1 - Foto 2 - Foto 3 - Foto 4
 



Rio de Janeiro - Maracanã

Local da grande final em 2014, o Maracanã encerrou 2011 com 2.700 operários atuando na obra, em especial na instalação das primeiras peças da nova arquibancada. Ao todo, 2.748 peças serão instaladas nas estruturas metálicas e de concreto que serão erguidas para atender às recomendações da FIFA. No segundo semestre de 2012 está previsto o içamento da nova cobertura. Com ela, a área protegida do estádio aumentará de 24,35 mil m² para 47,35 mil m². Autolimpante e translúcida, a nova cobertura permitirá condições de luz uniforme em toda a arquibancada. A previsão de término das obras é fevereiro de 2013.

Daniel Basil/Monitoramento/ME/dezembro de 2011#

» Baixe as imagens do Maracanã em alta resolução: Foto 1 - Foto 2 - Foto 3 - Foto 4
 



Salvador - Fonte Nova

Anfitriã de três cabeças de chave durante a Copa de 2014 e candidata a partidas da Copa das Confederações, a Fonte Nova concluiu em 2011 as fases de demolição, reciclagem do material proveniente do antigo estádio, limpeza do terreno, terraplanagem e fundações. A obra está na fase de montagem da superestrutura (peças pré-moldadas e moldadas no próprio canteiro: pilares, vigas e lajes).  Quando finalizada, terá capacidade para 55 mil lugares, a um custo previsto de R$ 597 milhões, de acordo com a Matriz de Responsabilidades da Copa. A previsão de conclusão das obras é dezembro de 2012.

Ademir Rodrigues/Monitoramento/ME/dezembro de 2011#

» Baixe as imagens da Fonte Nova em alta resolução: Foto 1 - Foto 2 - Foto 3 - Foto 4
 



São Paulo - Arena de Itaquera

O futuro estádio do Corinthians ultrapassou 20% da obra em dezembro, segundo a Odebrecht, construtora responsável. As vigas das arquibancadas são feitas com peças pré-moldadas fabricadas no próprio canteiro. Até o fim de 2011, foram cravadas 2.315 das 3.200 estacas, executados 448 blocos de concreto da fundação e instaladas 32 vigas jacaré, que dão sustentação à arquibancada leste.  Além da estreia do Brasil, o estádio terá, ao todo, seis partidas pelo Mundial, incluindo um jogo das quartas e uma das semifinais. A previsão é de que a arena, para 68 mil pessoas, fique pronta em dezembro de 2013.

Gabriel Heusi/Monitoramento/ME/dezembro de 2011#

» Baixe as imagens da Arena de Itaquera em alta resolução: Foto 1 - Foto 2 - Foto 3 - Foto 4


Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Diretora da Unaids no Brasil se encontrou nesta terça com o ministro do Esporte, que assinou a bola que simboliza a iniciativa. Um exemplar com as rubricas da presidenta Dilma e de outros chefes de Estado será levado para a Assembleia Geral da ONU
+
Foram registradas 5.185 demandas nos aeroportos e 75 nos estádios das 12 cidades-sede
+
Média de torcedores nas arenas também ficou no segundo posto. Saiba outros recordes da competição
+
Cerca de 1,6 mil câmeras serão instaladas na capital federal, 835 delas até o fim deste ano. Cada região administrativa terá sistema de monitoramento em batalhões da PM
+