Saiba como funciona o Centro de Comando e Controle do Estádio Nacional de Brasília

11/09/2013 - 16:10
Mané Garrincha conta com moderna estrutura de monitoramento que permite rápida tomada de decisões

André Borges/ComCopaDF#

O Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha conta um moderno Centro de Comando e Controle localizado no nível N3 da Ala Poente (voltado para o Ginásio Nilson Nelson) da arena. A principal sala é a de monitoramento, que reúne imagens captadas pelas câmeras instaladas dentro e fora do estádio, em tempo real.

Cerca de 400 unidades com tecnologia de última geração e possibilidade de visão em 360° permitem a identificação do público com riqueza de detalhes, nas arquibancadas, corredor, ou mesmo da área externa.

No local, controladores monitoram a movimentação do público em todos os níveis da arena, o que permite uma análise rápida das ocorrências para a tomada de decisões pelo grupo de comando. Representantes das polícias Militar, Civil e Federal, do Corpo de Bombeiros, da Defesa Civil e Detran participam da operação integrada na sala de controle operacional. Representantes do Ministério Público do Distrito Federal também têm acompanhado os jogos no Mané Garrincha do Centro de Comando e Controle.

O monitoramento no estádio ajuda a identificar torcedores que se envolvem em brigas, como ocorreu no jogo entre Corinthians e Vasco no dia 25 de agosto.

O espaço ainda conta com a presença de representantes da área técnica e operacional do estádio, capazes de providenciar pequenos serviços de manutenção e reparos em sistemas elétricos ou hidráulicos, por exemplo.

Fonte: Secopa/ DF

Notícias Relacionadas

Estruturas como o Centro Integrado de Comando e Controle Móvel, usado no Mundial, foram empregadas na competição de vela que está sendo realizada no Rio de Janeiro
+
Centro Integrado de Comando e Controle regional realizou 1,1 monitoramentos diários e acompanhou 300 atividades essenciais durante os 31 dias do Mundial na capital mineira
+
Profissionais federais e distritais trabalharão juntos em evento que terá 19 chefes de Estado
+
Governo do DF divulgou balanço de ações para a Copa do Mundo. Investimentos em segurança, turismo, mobilidade urbana e aeroporto ficam para a cidade
+