Ronaldo aceita cargo no Conselho de Administração do COL. Aldo e Blatter elogiam

01/12/2011 - 13:26
Fenômeno promete ajudar a consolidar uma corrente de otimismo e orgulho do povo brasileiro em relação ao megaevento. Ministro do Esporte, Aldo Rebelo, e o presidente da FIFA, Joseph Blatter, desejaram sucesso ao ex-jogador na nova função

Rafael Ribeiro/CBF#Ronaldo e Ricardo Teixeira se cumprimentam: 2014 será a quinta Copa do FenômenoEm coletiva de imprensa realizada no Rio de Janeiro no início desta tarde, o presidente do Comitê Organizador Local da Copa (COL), Ricardo Teixeira, anunciou que o ex-jogador Ronaldo Nazário é o novo integrante do Conselho de Administração do COL. "Chegou o momento de um grande mutirão para fazer a mais bonita Copa do Mundo de todos os tempos. Nada melhor para esse propósito de identidade nacional do que convocar para entrar em campo o nome que encarna à perfeição essa identidade. O grande craque Ronaldo, um ídolo que encantou várias gerações, e que até hoje, mesmo depois de encerrada a sua carreira, é símbolo do que nosso país pode produzir de melhor", afirmou Teixeira.

"Esse Ronaldo que o povo rasileiro idolatra é a voz perfeita para o momento de conciliação em torno da Copa de 2014. Sua voz é ouvida e chegará certamente a todos os brasileiros. Ele vai se juntar a outros ídolos do futebol brasileiro, que já ocupam funções importantes nesse cenário, como Pelé, que foi convocado pela presidenta Dilma para ser embaixador em todos os campos do mundo na Copa, e o pentacampeão Romário, que, como deputado, tem a tarefa própria dos ambientes democráticos de fazer questionamentos e indagações sobre os rumos do projeto", completou Teixeira.

Segundo o dirigente, a trajetória da preparação tem sido cumprida de acordo com o que vinha sendo planejado. "Segue a passos precisos. Estamos preparado tudo com rigor e fazendo o dever de casa", comentou, em referência ao sucesso de eventos como o sorteio preliminar dos grupos da Copa, o andamento das obras nos estádios e a divulgação da tabela e do calendário para 2014.

"Uma trajetória que não seria possível se não tivesse havido plena sintonia com todos os segmentos envolvidos, notadamente com o governo federal, na pessoa da presidenta Dilma Rousseff, e de outro interlocutor, o atual ministro do Esporte, Aldo Rebelo, a quem aproveitamos para desejar os votos de um bom trabalho à frente de sua missão", comentou.

Otimismo e honra

Ronaldo disse que encarou o convite como um desafio, uma honra. Ele enxerga na missão uma maneira de ajudar a consolidar uma aura de otimismo e orgulho do povo brasileiro em relação ao evento. "A Copa do Mundo, no fim das contas, não é da FIFA, da CBF, do Comitê Organizador Local, do governo. É do povo brasileiro", comentou. "Os investimentos estão sendo feitos e eu não tenho dúvidas de tudo vai acontecer de acordo com o cronograma", disse. Segundo o Fenômeno, o Conselho de Administração do Comitê Organizador Local será composto por três integrantes. Ele, Ricardo Teixeira e mais uma pessoa que ainda será indicada.

O ex-jogador falou que abriria mão da remuneração referente ao cargo e que não vai se licenciar das atividades com suas empresas e patrocinadores. "Não haverá conflito de interesse. Não haverá problema de tráfico de influência. Não sou mais influente hoje do que era ontem", explicou.

Ronaldo é o terceiro ex-jogador a ocupar cargo similar na estrutura de organização de uma Copa do Mundo. A edição de 1998, na França, contou com a ação do ídolo Michel Platini. O Mundial de 2006, na Alemanha, teve como um dos nomes emblematicos o campeão do mundo Franz Beckenbauer. Como jogador, Ronaldo conquistou com a Seleção Brasileira os Mundiais de 1994, nos Estados Unidos, e de 2002, no Japão e na Coreia do Sul. É dele a marca de maior goleador da história da competição, com 15 gols anotados.

Ministro deseja sorte

Em nota oficial divulgada no início da tarde, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, manifestou apoio ao novo membro do Conselho de Administração do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo da FIFA 2014:

“Desejo ao novo dirigente do COL muito sucesso no trabalho de organização da Copa no Brasil. Ronaldo é um brasileiro que mostrou grande capacidade de superação e dedicação em todos os desafios que enfrentou. Estou certo que, nesta nova tarefa, também terá um grande papel. Reforço a disposição do Ministério em trabalhar de forma harmônica com o COL e a FIFA, em torno do objetivo comum de organizar um evento à altura do que esperam os brasileiros e o mundo.”

Blatter elogia a escolha

O presidente da FIFA, Joseph S. Blatter, elogiou a iniciativa de Ronaldo e citou que esta seria o quinto Mundial em que o Fenômeno marcará presença. “O Ronaldo foi um excelente jogador, escolhido por três vezes pela FIFA o melhor do mundo, campeão das Copas 1994 e 2002. Participou de quatro Copas do Mundo e, sobretudo, ainda detém o recorde de maior artilheiro da História da competição. Estamos muito satisfeitos com o compromisso do Ronaldo de contribuir para o sucesso da Copa de 2014 como parte da equipe. Acreditamos que ele terá um papel muito importante em sua quinta Copa do Mundo da FIFA, desta vez fora do campo. Desejamos a ele o melhor neste novo trabalho".

Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Mais de dois mil itens, entre televisores, computadores e telefones celulares, serão entregues a 64 escolas das doze sedes, além de 26 organizações não-governamentais
+
Foi movimentado mais de um bilhão de reais na economia do estado, que recebeu 160 mil turistas estrangeiros e teve taxa média de ocupação hoteleira de 80%
+
Presidente da FIFA também destacou o alto nível do futebol desta edição da Copa. CEO do Comitê Organizador Local, Ricardo Trade, exaltou o sucesso da organização do torneio
+
O ex-zagueiro italiano, Fabio Cannavaro, afirma que joelho alto do lateral colombiano leva a pensar que houve intenção de machucar camisa 10 brasileiro. Fenômeno concorda
+