Rede de distribuição de energia é ampliada em Brasília

25/07/2013 - 11:24
Estádio Mané Garrincha será beneficiado com a nova linha, que teve investimento de R$ 10,4 milhões

Será inaugurada, nesta quinta-feira (25.07), a nova Linha de Distribuição de Alta tensão da Companhia Energética de Brasília (CEB), entre Riacho Fundo e Sudoeste. A ampliação reforçará o fornecimento de energia nas duas regiões e também na área central de Brasília, Sudoeste, Noroeste, Cidade Digital e Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

"Essa é uma das onze obras acompanhadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica com vistas à Copa do Mundo de 2014. É uma linha de distribuição importante para o desenvolvimento socioeconômico de Brasília", explicou o diretor de Engenharia da CEB, Mauro Martinelli.

Foram investidos R$10,4 milhões na execução da obra, que consistiu na instalação de 13,5km de fios de alta tensão que se conectam à Subestação Samambaia (de Furnas) por meio da linha Samambaia/Riacho Fundo, inaugurada no ano passado. Com isso, as subestações Sudoeste e Brasília Norte (da CEB) - até então alimentadas apenas pela subestação Brasília Sul (de Furnas), que trabalha no limite de sua capacidade - passam a ser abastecidas também pela Subestação Samambaia.

A Linha de Distribuição de Alta Tensão Riacho Fundo/Sudoeste trabalhará em 138Kv e potência de 160 MVA - capacidade para atender uma cidade de 200 mil habitantes - e também levará energia para as Subestações Noroeste e Cidade Digital, que estão em fase de construção, e à Subestação Estádio Mané Garrincha.

A dupla alimentação garantirá mais confiabilidade no suprimento de energia aos setores Sudoeste, Noroeste, Cidade Digital, Águas Claras, ADE Águas Claras, Riacho Fundo e região Central de Brasília, além do Mané Garrincha.

Fonte: GDF

Notícias Relacionadas

No período do Mundial, a capital federal recebeu 633 mil visitantes, sendo 488.903 brasileiros e 143.743 estrangeiros. Números superaram as estimativas iniciais
+
Estrangeiros e brasileiros de outras partes do país visitam marcos arquitetônicos da capital federal
+
Profissionais federais e distritais trabalharão juntos em evento que terá 19 chefes de Estado
+