Quem tiver ingresso para Uruguai x Colômbia poderá ver jogo do Brasil nos telões do Maracanã

26/06/2014 - 15:50
Jogo do Rio de Janeiro começa às 17h de sábado. Seleção Brasileira enfrenta o Chile a partir das 13h do mesmo dia, em Belo Horizonte

A FIFA alterou o funcionamento do Estádio Maracanã em dia de jogo para viabilizar que torcedores com ingresso para a partida entre Uruguai e Colômbia, sábado às 17h, não corram risco de deixar de assistir Brasil x Chile, que começa às 13h em Belo Horizonte. Os portões do estádio do Rio de Janeiro vão abrir às 12h30 e a partida da Seleção Brasileira será transmitida nos quatro telões disponíveis.

Assim, o torcedor tem a possibilidade de se deslocar mais cedo para o estádio e evitar aglomerações no caminho. A alteração foi um pedido da Prefeitura do Rio de Janeiro, que tinha receio sobre o funcionamento do esquema de mobilidade caso os torcedores brasileiros deixassem para se deslocar para o Maracanã apenas depois do final da partida do Brasil – por volta das 15h.

Getty Images#Telões do Maracanã vão transmitir a partida do Brasil no sábado. Assim, quem tiver ingressos para Uruguai x Colômbia pode chegar mais cedo ao estádio

A maior parte do público (76%) que tem frequentado o Maracanã segue as orientações da prefeitura e opta pelo metrô. Três estações – Maracanã, São Cristóvão e São Francisco Xavier – estão a um raio de 10 minutos de caminhada do estádio. O metrô tem capacidade de aportar até 21.600 pessoas por hora nestas estações em dias de jogo.

Os horários de bloqueio das vias no entorno do estádio serão mantidos. A partir das 10h, cinco ruas próximas ao estádio serão fechadas (Professor Eurico Rabelo, Visconde de Itamarati, Isidro de Figueiredo, Artur Menezes e Conselheiro Olegário). Às 11h, serão iniciados os bloqueios no trânsito na Radial Oeste (sentido centro), Avenida Maracanã, além dos viadutos Oduvaldo Cozzi e de São Cristóvão, e das ruas Mata Machado e Radialista Waldir Amaral. 

Giuliander Carps, do Portal da Copa no Rio de Janeiro

Notícias Relacionadas

Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Os legados esportivos, econômicos, de infraestrutura, de imagem e promoção do Brasil, dentre outros, serão abordados nos dois dias de palestras
+
Estruturas como o Centro Integrado de Comando e Controle Móvel, usado no Mundial, foram empregadas na competição de vela que está sendo realizada no Rio de Janeiro
+