Polícia do Rio treina para segurança da Copa e das Olimpíadas

16/08/2012 - 16:34
Até 2015, 2 mil agentes passarão pelo Curso de Capacitação de Operadores em Segurança

Tânia Rêgo/ABr#A Polícia Civil do Rio de Janeiro promoveu hoje (16.08), no Estádio Olímpico João Havelange (Engenhão), o último treinamento da primeira turma de agentes que vão trabalhar na Copa do Mundo FIFA Brasil 2014 e nos Jogos Olímpicos de 2016. Até 2015, 2 mil agentes passarão pelo Curso de Capacitação de Operadores em Segurança, entre policiais militares, civis, bombeiros e guardas municipais, inclusive de outros estados.

Além de disciplinas sobre segurança, os agentes têm aulas com especialistas brasileiros e estrangeiros sobre diversidade cultural, ciências políticas e turismo. Ao todo, são mais de 30 disciplinas. De acordo com Jéssica Oliveira, diretora da Academia de Polícia Civil do Rio de Janeiro (Acadepol), todas as diretrizes internacionais para segurança em grandes eventos estão sendo abordadas no curso.

“Essa grade nasce de todo um acúmulo de conhecimento que a gente vem produzindo há cerca de dois anos. As orientações internacionais estão sendo consideradas pelos nossos docentes”, destacou.  Para Moacyr Duarte, instrutor do curso e professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o grande desafio é qualificar pessoal para trabalhar na Copa do Mundo e nos Jogos Olímpicos.

“A organização que garante a segurança do evento é que nos faz primários. Pelo nosso potencial e pela riqueza natural, deveríamos ser os melhores. Mas isso só se faz com recurso humano de boa qualidade.” O comandante da Polícia de Segurança Pública de Portugal, que participou do treinamento, considerou importante o esforço dos policiais do Rio em garantir segurança para os turistas.

“Fico feliz porque sou turista e posso trazer minha família para o Rio de Janeiro, pois tenho certeza que as polícias estão unificadas em um sentido comum”, disse. O curso começou em julho deste ano. A formatura da primeira turma está prevista para esta sexta-feira (17.08) na sede da Acadepol. Até o final deste ano, mais duas turmas serão formadas, cada uma com 50 alunos.

Fonte: Agência Brasil

Notícias Relacionadas

Estruturas como o Centro Integrado de Comando e Controle Móvel, usado no Mundial, foram empregadas na competição de vela que está sendo realizada no Rio de Janeiro
+
BRT carioca teve seis novas estações inauguradas neste fim de semana e liga a Barra da Tijuca ao aeroporto do Galeão
+
O artilheiro do Mundial com seis gols ainda alcançou a terceira posição com o tento anotado contra o Japão, em enquete promovida pela FIFA
+
Centro Integrado de Comando e Controle regional realizou 1,1 monitoramentos diários e acompanhou 300 atividades essenciais durante os 31 dias do Mundial na capital mineira
+