Pelo menos 500 mil ingressos da Copa do Mundo estão reservados a residentes no Brasil

19/07/2013 - 13:21
Serão 400 mil tíquetes alocados na Categoria 4, para venda exclusiva a moradores do país. Haverá, também, 50 mil cortesias para operários e 50 mil distribuídos pelo governo federal a indígenas e beneficiários do Bolsa Família

Os brasileiros têm garantidos pelo menos 500 mil ingressos da Copa do Mundo da FIFA 2014. Desses, 400 mil estão alocados na categoria 4,com preços mais acessíveis e exclusiva para compradores residentes no Brasil. E, nessa categoria, idosos, estudantes e beneficiários do programa Bolsa Família são prioridade e têm direito a desconto.

“O sistema de vendas contempla conquistas muito importantes que o Brasil teve e que foram consagradas na Lei Geral, como a incorporação do direito à meia entrada não só dos idosos, mas para os estudantes e para os beneficiários do Bolsa Família na categoria 4 dos ingressos”, explicou o secretário executivo do Ministério do Esporte, Luis Fernandes, durante a coletiva de imprensa sobre a venda de ingressos para a Copa, realizada nesta sexta (19.07) em São Paulo.

Os preços dos ingressos na categoria 4 variam de R$ 30  (preço com desconto para 47 jogos da primeira fase do Mundial) a R$ 165  (valor para partida final, sem desconto).

“Serão 47 jogos de fase de grupos com ingressos por R$ 30, o  mais barato  da história. Nunca tivemos um preço como esse em todas as Copas do Mundo”, disse o diretor de Marketing da FIFA, Thierry Weil. Ele acrescentou que a prática de descontos só foi realizada duas vezes nos mundiais de futebol da FIFA. “É a segunda vez na historia das Copas que temos ingressos com desconto. A primeira foi na Copa do Brasil em 1950 e a segunda é agora. Temos que dizer que o governos brasileiro é ótimo negociador", acrescentou o Weil.

“Criava-se uma expectativa muito ruim de se ter ingressos caros, que os brasileiros não conseguiriam ver os jogos. E a Copa aqui no Brasil terá os ingressos mais baratos de todas as Copas. Quem vai ganhar com isso vai ser o povo brasileiro”, disse o ex-jogador Cafu, campeão mundial pela seleção brasileira em 1994 e 2002.

Outros 100 mil ingressos de cortesia também serão destinados aos brasileiros: cerca de 50 mil vão para os operários que trabalharam nas obras de reforma e construção das doze arenas do Mundial, e os outros 50 mil vão ser distribuídos pelo governo federal.

“Nós tivemos por parte da FIFA a concessão de 50 mil ingressos de cortesia destinados a indígenas nacionais e também a beneficiários do Bolsa Família. Eles terão tratamento específico e comunicaremos no momento adequado como será essa distribuição”, acrescentou Luis Fernandes.

Leia também:

» Ingressos para a Copa do Mundo custarão a partir de R$ 30. Entenda como será a venda

» Torcedores poderão ver o mapa do estádio dividido por categorias no momento da compra dos ingressos

Foto: Glauber Queiroz/Portal da Copa#Em maio, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, e o secretário-geral da FIFA, Jérôme Valcke, entregaram ingressos simbólicos a operários do Maracanã

Carol Delmazo - Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Cidade hospedou campeões mundiais durante a Copa do Mundo e recebeu legados como Centro de Treinamento e promoção da imagem local
+
Operação no Rio de Janeiro contou com 50 mil interceptações telefônicas e apreendeu cerca de cem ingressos da Copa do Mundo vendidos a preços abusivos
+
Ministro do Esporte, Aldo Rebelo, disse que já houve reunião com gestores de novas arenas e clubes para negociar medidas
+
No grupo que foi à Arena Corinthians nesta quinta-feira, estavam representadas as etnias Guarani, Tikuna, Guajajara e Xavante
+