Para o técnico espanhol Vicente Del Bosque, Brasil é o rival a ser batido

21/02/2014 - 14:00
Treinador da Espanha participou do Seminário de Seleções em Florianópolis e disse que clima e segurança durante a Copa do Mundo não preocupam

Frame de Vídeo: Danilo Borges/Portal da Copa#A atual campeã mundial, Espanha, sentiu a força da Seleção Brasileira na final da Copa das Confederações, quando a equipe canarinho superou os adversários por 3 x 0, no Maracanã, e ergueu a taça. Por isso, o técnico espanhol Vicente Del Bosque apontou o Brasil como o rival a ser batido na Copa do Mundo.

“Primeiro que o Brasil tem uma grande seleção e foi campeão com todo o merecimento na Copa das Confederações e, além disso, tem todo o apoio da torcida. É o rival a ser batido”, afirmou Del Bosque durante o Seminário de Seleções da FIFA, realizado em Florianópolis. No entanto, o treinador acredita que a pressão pelo hexacampeonato pode prejudicar o Brasil. “Também pode ser que essa pressão para ser campeão, em algum momento, possa ser incômoda”.

Para o comandante espanhol, que levou o país à inédita conquista em 2010, o clima no Brasil não será um fator decisivo na caminhada rumo ao bicampeonato. Del Bosque destacou que a maior dificuldade será a qualidade dos adversários. “O problema para mim não é o calor, mas, os adversários. São 31 boas seleções e que querem fazer o mesmo que nós, que é ganhar o título mundial. Além disso, não acredito que haja nenhum problema com o clima, porque se há calor para um, há para todos igualmente”.

Depois da experiência na Copa das Confederações de 2013, Del Bosque acredita em um Mundial seguro no Brasil. “Todos os mundiais foram bem organizados e seguramente que o do Brasil também vai ser outra festa”.

A preparação da equipe espanhola durante a Copa será feita no Centro de Treinamento do Clube Atlético Paranaense, conhecido como CT do Caju, em Curitiba. A previsão é a de que a equipe chegue em maio ao local, que conta com 220 mil m², oito campos oficias, um de goleiros, outro com paredão para treinos específicos quadras poliesportivas, campo de areia, duas piscinas térmicas, sala de musculação e estrutura de fisioterapia e reabilitação física. Na área de hospedagem, são dois hotéis com acomodações para 180 hóspedes por dia, dois restaurantes com capacidade para 800 refeições diárias e lavanderia equipada para até 60 mil peças por mês.

» Saiba mais sobre o Grupo B da Copa

Jogos na Copa

A Espanha, como cabeça de chave do Grupo B, vai começar a defender o título da mesma maneira que terminou o torneio de 2010: enfrentando a Holanda. O palco da estreia dos espanhóis será a Fonte Nova, em Salvador, no dia 13 de junho.

O segundo jogo está marcado para o Maracanã, no Rio de Janeiro, diante do Chile. O duelo será no dia 18 de junho. A Espanha vai encerrar a participação na primeira fase da Copa contra a Austrália, em Curitiba, no dia 23 de junho.

Gabriel Fialho - Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Mundial de futebol quebrou recordes históricos e se tornou o evento mais comentado do ano nas redes sociais em todo o mundo
+
Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Evento “Copa 2014: legados para o Brasil” mostra resultados econômicos, culturais e de infraestrutura
+