Para ministro e para a FIFA, Mané Garrincha está mais maduro e pronto para Copa

17/02/2014 - 14:18
Comitiva visitou na manhã desta segunda-feira o estádio de Brasília, que receberá sete jogos da Copa do Mundo

Uma arena madura, testada, com 28 eventos realizados e na reta final dos ajustes para receber a Copa do Mundo. Assim as autoridades do governo federal, da FIFA e do Comitê Organizador Local definiram o Estádio Mané Garrincha, em Brasília, após a visita de inspeção realizada nesta segunda-feira (17.02).

"Encontramos nesta visita um estádio mais completo e maduro depois da Copa das Confederações. Uma arena que foi capaz de receber, em menos de um ano, um público maior do que aquele que recebeu em toda a sua história anterior", afirmou o ministro do Esporte, Aldo Rebelo.

Segundo dados informados pelo governo local, o Estádio Nacional recebeu, desde a inauguração, em 18 de maio de 2013, 28 eventos, entre partidas de futebol e shows. Ao todo, mais de 640 mil pessoas passaram pela arena. O número representa quase o dobro de todo o público registrado (340 mil pessoas) em 36 anos do antigo estádio.

"Não posso falar que é o meu preferido, porque imediatamente haveria comentários da mídia, mas o Estádio Nacional é um dos meus preferidos. Onde quer que você esteja sentado, você vê o jogo com ótimas condições. Brasília é uma das sedes com máximo número de jogos, o que a torna muito importante para a FIFA e para a Copa", afirmou o secretário-geral da FIFA, Jérôme Valcke. Segundo Valcke, a reunião serviu para ajustar detalhes da reta final de preparação, como sinalização turística e infraestrutura nos arredores do estádio.

O governador do DF, Agnelo Queiroz, afirmou que a primeira fase das obras do Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek e as obras de mobilidade urbana na DF-047, que dão acesso ao terminal, serão finalizadas a tempo do Mundial. "Essas obras terminarão antes da Copa e o acesso dos torcedores será confortável, seguro e facilitado", afirmou o governador.  O serviço na DF-047 está sendo executado pelo Departamento de Estradas de Rodagem do DF e compreende a construção de um viaduto, vias marginais e a ampliação e restauração das pistas existentes. Segundo os dados oficiais, 80% do trabalho foi concluído.

Brasília - Visita ao Estádio Nacional Mané Garrincha - Fevereiro de 2014

Brasília - Visita ao Estádio Nacional Mané Garrincha - Fevereiro de 2014

Três partidas em 2014

Segundo informações do governo local, haverá três partidas no Estádio Mané Garrincha antes do início do Mundial, o que servirá para assegurar que o gramado estará em condições ideais. O primeiro evento ocorreu no último sábado, no clássico do Campeonato Candango entre Brasiliense x Gama, que terminou em 0 x 0. As outras duas partidas serão válidas pela final do campeonato candango, nos dias 5 e 12 de abril. "É um número de jogos que nos deixa confiantes de que estaremos bem para a Copa", afirmou Valcke.

Sequência do Tour

Antes de passar por Brasília, a comitiva passou pela Arena da Amazônia, em Manaus, que superou os 97% de conclusão. Amanhã, o tour terá como destino o Beira-Rio, em Porto Alegre, que teve o primeiro teste com bola rolando, com a presença de dez mil sócios nas arquibancadas, no último sábado.

Leia também:

» Secretário-geral da FIFA e ministro do Esporte visitam programa de capacitação profissional em Brasília

Gustavo Cunha - Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Evento “Copa 2014: legados para o Brasil” mostra resultados econômicos, culturais e de infraestrutura
+
Os legados esportivos, econômicos, de infraestrutura, de imagem e promoção do Brasil, dentre outros, serão abordados nos dois dias de palestras
+
Diretora da Unaids no Brasil se encontrou nesta terça com o ministro do Esporte, que assinou a bola que simboliza a iniciativa. Um exemplar com as rubricas da presidenta Dilma e de outros chefes de Estado será levado para a Assembleia Geral da ONU
+