Para estrangeiros, Brasil está preparado para megaeventos

03/07/2012 - 12:38
Pesquisa com delegados e jornalistas estrangeiros que estiveram na Rio+20 mostra que mais de 80% deles acreditam que o país está ou estará preparado para sediar os grandes eventos esportivos

O presidente do (Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Flávio Dino, apresentou nesta terça-feira (3.07), em Brasília, os principais resultados da “Pesquisa de Percepção do Brasil por Estrangeiros Durante a Rio+20”. O estudo foi realizado nos dias 20 e 21 de junho, sob encomenda da Embratur, pelo instituto FSB Pesquisa, durante a Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável no Rio de Janeiro (RJ).

» Confira o arquivo com a apresentação feita pelo presidente da Embratur (arquivo em formato PDF)

Ao todo, foram entrevistadas 228 pessoas, entre delegados e jornalistas estrangeiros, de 42 países, entre aqueles de regiões com maior percentual de emissão de turistas para o Brasil, ou seja, América do Sul, América do Norte e Europa. A pesquisa buscou saber o que eles acharam dos atrativos e serviços turísticos oferecidos pelo país. O objetivo era definir quais os pontos fortes e quais os desafios que ainda restam para a organização dos próximos megaeventos.

“Os resultados mostram que as belezas naturais, a personalidade do brasileiro e a hospitalidade são as características nacionais mais marcantes. Sobre os serviços e infraestrutura turística apresentados pelo país, 81% dos visitantes estrangeiros disseram acreditar que o país já está ou estará preparado para sediar os megaeventos programados os próximos anos”, disse Dino, em referência à Copa das Confederações de 2013, à Copa do Mundo da FIFA 2014 e às Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro.

 Quando perguntados sobre a visita ao país, 68% disseram que a experiência correspondeu ou superou as expectativas. Dos entrevistados, 59% ressaltaram que a imagem que tinham do Brasil melhorou após a visita. E quando perguntados sobre o interesse de retornar, 97% responderam que pretendem voltar.

Desafios
Os itens avaliados negativamente são preços, dificuldades com a língua e o trânsito, tendo este último atingido a pior avaliação: 81% julgaram como ruim ou muito ruim. A sinalização também merece atenção, já que apenas 41% avaliaram entre bom e muito bom e 31% como regular.

Para o presidente da Embratur, a pesquisa mostra que o trabalho de preparação para os megaeventos está no caminho correto e aponta itens em que é necessário reforçar ações. “É importante ter instrumentos que avaliem o trabalho realizado até hoje e qual direção devemos tomar para atender cada vez melhor o turista. O Brasil tem uma agenda positiva pela frente, que inclui a Copa do Mundo FIFA 2014 e os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016, e a imagem do país que ficará após esses eventos será um de nossos principais legados”, disse Dino.

Principais resultados

» Maioria fez sua primeira viagem ao País: 54% do total.
» Maioria ficou entre 4 e 10 dias no Brasil: 63% do total.
» Rio+20 serviu para que turistas conhecessem outras cidades brasileiras: um em  cada cinco turistas aproveitou a viagem para ir a outro destino.

Estrutura do Brasil para megaeventos - Características de infraestrutura
» Limpeza pública tem boa avaliação: 62% avaliaram entre bom e muito bom.
» Segurança é muito bem avaliada: 72% avaliaram entre bom e muito bom.
» Táxis também têm boa avaliação: 63% avaliaram entre bom e muito bom.
» Telefonia/internet merecem atenção: 46% avaliaram entre bom e muito bom.
» Sinalização tem avaliação regular: 41% avaliaram entre bom e muito bom e 31% como regular
» Trânsito é ponto de pior avaliação: 81% avaliaram como ruim e muito ruim.
 
Características de estrutura de turismo
» Restaurantes são bem avaliados: 75% avaliaram entre bom e muito bom.
» Um em cada quatro participantes considerou hotéis regulares: 53% avaliaram entre bom e muito bom e 25% como regular.
» Galeão foi a principal porta de entrada: 84% dos entrevistados.
» 56% avaliaram como bom e 39% como regular o Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (Galeão).
 
O Brasil como país anfitrião
» Belezas naturais, personalidade do brasileiro e hospitalidade são as características positivas do Brasil como destino turístico, na avaliação dos entrevistados.
» Como destino turístico, preços, dificuldades com a língua e infraestrutura inadequada para o turismo estão entre os itens menos positivos da imagem do Brasil.
» Considerando a expectativa que tinha com esta viagem ao Brasil, 68% disseram que superou ou correspondeu plenamente.
» A viagem melhorou a imagem do País para 59%.
» País é avaliado como preparado para receber os grandes eventos esportivos: 81% avaliaram como preparado ou que vai estar preparado.
» Grande maioria quer voltar ao país: 97% pretende visitar novamente o Brasil, deles, 54% para turismo e 57% para negócios.
 

Fonte: Embratur

Notícias Relacionadas

As duas equipes se enfrentarão em Singapura. Este será o quarto jogo do Brasil neste segundo semestre
+
No confronto entre Brasil x Colômbia, pelas quartas de final, a lotação hoteleira de Fortaleza alcançou 97%
+
Brasil enfrentará a Colômbia em 5 de setembro e o Equador no dia 9. Os jogos serão nos Estados Unidos
+
Estudo revela que a ocupação hoteleira na cidade bateu recordes, chegando a 72,26% no período do Mundial
+