Novo Mineirão: Esplanada dá nova cara ao entorno da arena de Belo Horizonte

21/12/2012 - 14:45
Espaço de convivência tem capacidade para eventos de até 65 mil pessoas. Também foi construída uma via de integração direta do estádio ao ginásio Mineirinho

Foto: Rodrigo Lima/Portal da Copa/ME/dezembro de 2012#

Como a fachada do Mineirão, tombada pelo patrimônio histórico, não foi alterada, o que mais chama atenção dos torcedores na chegada ao estádio é a nova esplanada, com 80 mil m² e capacidade para abrigar eventos de lazer para até 65 mil pessoas. Ela terá como atrativos o Museu Brasileiro do Futebol – que será implementado em quatro fases até a Copa do Mundo da FIFA 2014 - praças de convivência e lojas. Essa área externa vai transformar o estádio em arena multiuso, que poderá ser usada para eventos esportivos, culturais, ecumênicos e de negócios, além de ser uma opção de lazer para as famílias de Belo Horizonte.

“É um projeto único no Brasil. Isso confere à estrutura flexibilidade e acentua a característica multiuso. Nós podemos fazer eventos dentro e fora do estádio, tudo em função da esplanada. E a comunidade vai poder aproveitar bastante”, disse Ricardo Barra, diretor-presidente do Consórcio Minas Arena, responsável pela reforma do Mineirão e pela operação do estádio por 25 anos.

» Confira a cobertura completa do Portal da Copa sobre a entrega das obras do Mineirão

Mineirinho
A via de integração entre o estádio e o ginásio Mineirinho tem formato em “Y” e dimensões que variam entre 100 e 300 metros de extensão, com altura variável de até 15 metros em relação à rua.

A estrutura permitirá acesso direto de um espaço ao outro. Além de funcionalidade, a via oferece bela vista para o conjunto arquitetônico da Lagoa da Pampulha, em ambiente seguro com guarda-corpo e vigilância privada, iluminação central, assentos e árvores de acordo com o projeto paisagístico pensado para a arena.

O funcionamento da nova via de integração vai variar conforme os eventos realizados tanto na esplanada do novo estádio como no Mineirinho.

Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Arena é a sétima construída para a Copa do Mundo a ter selo que atesta adoção de medidas sustentáveis na edificação. Capital gaúcha passa a ter dois palcos com registro do Green Building Council
+
Equipamentos substituem luminosidade do sol, favorecendo a germinação da grama
+
Estádio da abertura da Copa já rendeu R$ 6,8 milhões aos cofres corintianos, enquanto em 11 partidas como mandante neste ano, fora de Itaquera, o clube arrecadou R$ 3,2 milhões
+
Centro Integrado de Comando e Controle regional realizou 1,1 monitoramentos diários e acompanhou 300 atividades essenciais durante os 31 dias do Mundial na capital mineira
+