Solução em Porto Alegre sobre as estruturas complementares para a Copa

20/02/2014 - 07:00

O governo do Estado do Rio Grande do Sul, a Prefeitura de Porto Alegre e o Sport Club Internacional acertaram, nesta quarta-feira, 19.02, a solução para viabilizar as estruturas complementares da Copa do Mundo na cidade sede. Essa solução envolve duas medidas: um projeto de lei que possibilita a captação de recursos privados e a mobilização de estruturas permanentes que sirvam a políticas públicas da cidade e do Estado.

Nota aos editores:

As estruturas temporárias, tal como o espaço adicional para a mídia, são necessárias para atender às necessidades de um evento esportivo internacional do porte da Copa do Mundo da Fifa.

Notícias Relacionadas

Arena é a sétima construída para a Copa do Mundo a ter selo que atesta adoção de medidas sustentáveis na edificação. Capital gaúcha passa a ter dois palcos com registro do Green Building Council
+
Foi movimentado mais de um bilhão de reais na economia do estado, que recebeu 160 mil turistas estrangeiros e teve taxa média de ocupação hoteleira de 80%
+
Polícia Rodoviária Federal decidiu reforçar a vigilância em rodovias de acesso ao estado do Rio Grande do Sul usadas por torcedores do país
+
Espaços oferecem entretenimento, local para descanso, informações turísticas, internet wifi e outras comodidades para os viajantes. No Santos Dumont, 26,8 mil pessoas aproveitaram a estrutura oferecida
+