MP espera solução para impasse do entulho no entorno do Beira-Rio em até dois dias

14/05/2014 - 00:46
No espaço entre o estádio e o viaduto Pinheiro Borda estão acumulados cerca de 23 mil metros cúbicos de resíduos

A Promotoria do Meio Ambiente do Ministério Público do Rio Grande do Sul entrou no circuito para tentar solucionar o impasse na limpeza da área onde será construído o estacionamento da FIFA, no entorno do estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Em busca de entendimento, duas reuniões foram realizadas, uma pela manhã e outra durante a tarde desta terça-feira (13.05). O promotor de Justiça Alexandre Saltz disse que espera uma definição em até dois dias.

Participaram dos encontros representantes da prefeitura, do Internacional, do consórcio Brio e da Andrade Gutierrez. O Ministério Público pediu esclarecimentos sobre o depósito do entulho no terreno, pertencente ao município.

No espaço, localizado entre o estádio e o viaduto estaiado Pinheiro Borda, ainda em construção, estão acumulados cerca de 23 mil metros cúbicos de resíduos. Apesar do impasse, Saltz assegura que a demora na definição do caso e na limpeza do local não irá comprometer a entrega do espaço nos moldes esperados pela FIFA.  “O que precisamos é de uma base sólida para receber e suportar o estacionamento. E para isso não será necessário fazer a separação do resíduo em questão”, adiantou o promotor ao fim da tarde.

Claudio Medaglia, do Portal da Copa em Porto Alegre (RS)

Notícias Relacionadas

Arena é a sétima construída para a Copa do Mundo a ter selo que atesta adoção de medidas sustentáveis na edificação. Capital gaúcha passa a ter dois palcos com registro do Green Building Council
+
Foi movimentado mais de um bilhão de reais na economia do estado, que recebeu 160 mil turistas estrangeiros e teve taxa média de ocupação hoteleira de 80%
+
Equipamentos substituem luminosidade do sol, favorecendo a germinação da grama
+
Estádio da abertura da Copa já rendeu R$ 6,8 milhões aos cofres corintianos, enquanto em 11 partidas como mandante neste ano, fora de Itaquera, o clube arrecadou R$ 3,2 milhões
+