Iniciadas as obras para facilitar acesso à Arena Corinthians

11/04/2013 - 14:02
Palco de São Paulo para a Copa recebeu visita de comitiva do governo federal, estadual e municipal. Segundo ministro do Esporte, empréstimo do BNDES para o estádio “marcha para desfecho favorável”

Foto: Glauber Queiroz/Portal da Copa/ME#Investimento em intervenções nas alças viárias será de R$ 61,4 milhõesForam iniciadas nesta quinta-feira (11.04) as obras que fazem parte da segunda etapa do Complexo Viário Polo Itaquera e que pretendem facilitar o acesso à Arena Corinthians. Serão investidos R$ 61,4 milhões em intervenções nas alças viárias que farão a ligação entre a Avenida José Pinheiro Borges e a Avenida Jacu Pêssego, na Zona Leste da capital paulista. Durante os jogos da Copa do Mundo, o conjunto de viadutos facilitará a locomoção dos torcedores que se deslocarão à Arena de São Paulo vindos diretamente de Guarulhos, e vice-versa.O evento contou com a presença do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, do governador do estado, Geraldo Alckmin, e do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad.

“O estádio está na região que detém o índice de desenvolvimento humano (IDH) mais baixo da cidade. As obras de mobilidade urbana em curso são para a cidade, para a comunidade”, disse Aldo Rebelo. “As obras externas, de responsabilidade do estado com a prefeitura, estão dentro do cronograma e devem estar concluídas até março de 2014”, afirmou o governador Geraldo Alckmin.

Ao lado das autoridades locais, o ministro do Esporte também visitou a Arena Corinthians, palco da abertura da Copa do Mundo FIFA Brasil 2014. No fim de março de 2013, os trabalhos no estádio chegaram a 70,12% de conclusão. Cinco dos 10 módulos que vão compor a estrutura principal da cobertura oeste foram instalados. No lado leste, todos os módulos estão posicionados.

» Confira galeria de fotos do evento

Também estão sendo instalados os vidros da fachada externa do prédio leste, que tem quase 170 metros de comprimento e 20 metros de largura. Além disso, está em execução a fixação das estruturas metálicas das peles de vidro das fachadas oeste. Os serviços de escavação para implantar o campo foram concluídos e os operários preparam o terreno para o início da montagem das tubulações dos sistemas de drenagem e resfriamento da grama.

“Testemunhamos a evolução das obras aqui no estádio do Corinthians, 70% das obras já adiantadas, e o compromisso da prefeitura de São Paulo, do prefeito Fernando Haddad, e do governador Geraldo Alckmin para que a cidade de São Paulo acolha a abertura da Copa do Mundo”, disse Aldo Rebelo.

Fotos: Glauber Queiroz/Portal da Copa/ME#Arena Corinthians receberá a abertura da Copa e superou os 70% de conclusão

Empréstimo do BNDES

O ministro também afirmou que o empréstimo de R$ 400 milhões do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para o financiamento da obra do estádio “está marchando para um desfecho favorável”. Rebelo lembrou que o governo federal entregou em dezembro de 2011 uma renúncia fiscal no valor de R$ 83 milhões ao Corinthians para viabilizar a construção. “Não vejo risco de paralisação. Pelo contrário, as obras marcham de vento em popa”.

Sobre o financiamento do estádio, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, frisou que a prefeitura disponibilizou R$ 420 milhões de incentivos fiscais, além do terreno, estimado em mais de R$ 100 milhões. “Vamos encaminhar até o fim de abril a nova lei de incentivo fiscal para a zona leste. Nós pretendemos trazer para cá uma série de empresas que vão gerar empregos, além de outros equipamentos que estão previstos, como um centro cultural, uma escola do Senai, um centro tecnológico, dentre outros. São Paulo está sintonizada com a Copa. Não vejo dificuldade para São Paulo cumprir o cronograma com certa folga até, eu diria”.

Entrega dos estádios

Após visitar a Arena Corinthians, o ministro do Esporte frisou que três estádios já foram entregues para a Copa das Confederações 2013 – Castelão, Mineirão e Fonte Nova – e que outros três serão entregues em abril. “Os outros seis estádios têm previsão para entrega até dezembro de 2013. Um deles, o de Porto Alegre, o Internacional pretende reabrir para jogos em setembro. Todos os demais estão com mais de 50% das obras concluídas. Então, temos nos estádios um cronograma seguro de entrega antecipada da infraestrutura fundamental para a Copa de 2014”, disse Aldo Rebelo.

Mateus Baeta – Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Evento “Copa 2014: legados para o Brasil” mostra resultados econômicos, culturais e de infraestrutura
+
Os legados esportivos, econômicos, de infraestrutura, de imagem e promoção do Brasil, dentre outros, serão abordados nos dois dias de palestras
+
Estruturas como o Centro Integrado de Comando e Controle Móvel, usado no Mundial, foram empregadas na competição de vela que está sendo realizada no Rio de Janeiro
+