Idosos pagam meia. Estudantes e integrantes do Bolsa Família têm 50% de desconto na Categoria 4

08/11/2012 - 11:17
FIFA prevê venda prioritária de 50 mil ingressos da Categoria 4 para esse público

A venda de ingressos para a Copa das Confederações levará em conta os preceitos incluídos no Estatuto do Idoso e na Lei Geral da Copa, aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pela presidenta Dilma Rousseff no Diário Oficial da União de 6 de junho de 2012.

De acordo com o texto, idosos terão direito a meia entrada nas quatro categorias de ingresso previstas. O benefício da meia entrada também será estendido a estudantes e beneficiários do Bolsa Família, mas apenas na Categoria 4.

» Copa das Confederações terá seis sedes
» Entenda como funciona o serviço de venda de ingressos

» Torcedor poderá usar internet em escolas públicas para comprar ingressos

» Infográfico detalha como será a Copa das Confederações

» Preço dos ingressos varia de R$ 28,50 a R$ 418

» Confira a tabela completa da Copa das Confederações
» Pessoas com deficiência de locomoção terão 1% dos assentos e direito a cortesia para acompanhante

» Copa das Confederações terá 15 mil agentes privados de segurança

Adicionalmente, segundo informações da FIFA, os primeiros 50 mil ingressos da Categoria 4 serão oferecidos prioritariamente a estudantes, idosos e beneficiários do Bolsa Família. A Categoria 4 é exclusiva para residentes no Brasil.

Fontes: Portal da Copa e FIFA.com

Notícias Relacionadas

Estudo do Ministério do Turismo revela que evento movimentou R$ 20,7 bilhões nas seis cidades-sede e gerou o equivalente a 303 mil empregos em todo o país
+
Maior artilheiro do estádio com 333 gols marcados, "Galinho" vai autografar publicação que registra a visita de atletas consagrados, personalidades do esporte e pessoas ilustres que passam pelo local
+
Presidenta destacou que os grandes eventos aqueceram o turismo no Brasil em 2013, e que em 2014 essa tendência deve ser mantida
+
O interesse pela capital cearense reforça o balanço positivo registrado na Copa das Confederações, quando Fortaleza foi a segunda sede mais visitada
+