Holanda busca primeira vitória na história de confrontos contra australianos

17/06/2014 - 20:14
Equipes se enfrentam às 13h desta quarta-feira no Beira-Rio, em Porto Alegre. Em três encontros anteriores, uma vitória australiana e dois empates

Um jogo de vida ou morte para a Austrália. Uma pedra na chuteira para a Holanda. Assim as duas seleções encaram o embate desta quarta-feira (18.06), em Porto Alegre. Afinal, se os comandados do técnico Ange Postegoclou precisam pontuar para seguir sonhando com a próxima fase, os europeus jamais conseguiram superar esse adversário.

Por isso, as expressões fechadas e abordagens sem tempo para sorrir foram a tônica no contato da imprensa com as delegações, no reconhecimento ao gramado do Beira-Rio, feito na véspera. Alegria e festa, só com os torcedores que invadiram a cidade nos últimos dias e vêm animando os bares e pontos de encontro.

E são muitos. Australianos e holandeses. Os primeiros prometem ser cerca de 18 mil dentro do Beira-Rio, com mais esperança do que convicção, mas presentes e barulhentos. Os segundos também deverão ter torcida numerosa, especialmente tendo jogadores como Sneijder, Van Persie e Robben, que todos querem ver.

Dentro do campo, ninguém espera vida fácil. “Acredito que os australianos irão atacar mais do que qualquer pessoa nesta sala imagina. Por isso não vou falar nada sobre o esquema que pretendemos adotar. Guardar essa informação pode ser decisivo”, afirmou o técnico holandês Louis Van Gaal. Segundo ele, apesar da consistente vitória contra a Espanha, a trajetória da equipe na Copa não será fácil. “O que tenho de fazer é manter a equipe com os pés no chão e em condições de mostrar capacidade para progredir”.

O meia Sneijder reforçou o papel dos jogadores mais experientes da Holanda. “Precisamos fazer com que os mais jovens fiquem conscientes da responsabilidade que temos e entender a mentalidade coletiva. Estamos pensando no próximo jogo, que pode ser mais difícil”. Holanda e Austrália se enfrentaram três vezes, com uma vitória australiana e dois empates.

Foto: Claudio Medaglia/Portal da Copa#Equipes fizeram nesta terça o reconhecimento do gramado do Beira-Rio

Socceroos

Mais cedo, o técnico da Austrália se desmanchou em elogios à legião de fans que acompanha os socceroos. “É excelente receber todo esse apoio. Temos pela frente um grande desafio, mas será difícil para as duas equipes. Se perdermos, é o fim. Se eles vencerem, garantem a vaga”, analisou Ange Postegoclou.

Australianos e holandeses concordam que o clima ameno de Porto Alegre deverá favorecer um jogo mais rápido. Para Postegoclou, é preciso marcar muito a Holanda. Mas defender os 90 minutos será arriscado demais, e sua equipe terá de arriscar.

Lições chilenas

Conforme o capitão da equipe, Mile Jedinak, que atua no Crystal Palace, da Inglaterra, a equipe australiana já tirou lições da derrota contra o Chile. “Serão duas partidas com características diferentes. Temos nosso plano de jogo definido, mas temos de melhorar em relação ao primeiro jogo”.

Na renovada seleção australiana, um importante elemento pode servir como arma para manter a tradição e a invencibilidade contra o adversário desta quarta-feira. Diversos técnicos holandeses já atuaram no país, e as experiências podem ser úteis para indicar o estilo e as estratégias da equipe de Van Gaal. “Podemos fazer uma ou duas mudanças na equipe, além da troca do nosso lateral-direito Franjic, que está fora por lesão”, avisou Postegoclou.

Os mistérios de parte a parte criam um ambiente de expectativa em Porto Alegre. O jogo começa às 13h, mas a festa vai ser grande desde o começo da manhã no entorno do estádio.

Claudio Medaglia, do Portal da Copa em Porto Alegre

Notícias Relacionadas

Arena é a sétima construída para a Copa do Mundo a ter selo que atesta adoção de medidas sustentáveis na edificação. Capital gaúcha passa a ter dois palcos com registro do Green Building Council
+
Foi movimentado mais de um bilhão de reais na economia do estado, que recebeu 160 mil turistas estrangeiros e teve taxa média de ocupação hoteleira de 80%
+
Polícia Rodoviária Federal decidiu reforçar a vigilância em rodovias de acesso ao estado do Rio Grande do Sul usadas por torcedores do país
+
Para o técnico brasileiro, o gol sofrido no início da partida diante da Holanda complicou a partida
+