Gramado da Arena da Baixada recebe tratamento com iluminação artificial

27/05/2014 - 16:47
Sistema de estruturas metálicas rolantes é utilizado para corrigir falta de luminosidade causada pela presença da cobertura

Fotos: Secopa/PR#

O gramado da Arena da Baixada, em Curitiba, receberá um tratamento com iluminação artificial para a Copa do Mundo. Pelo sistema, criado na Holanda, a luz artificial é distribuída por seis estruturas metálicas rolantes, que ocupam aproximadamente um terço do gramado. O tempo de permanência em cada área do gramado pode variar, a depender das condições de sombreamento e umidade da grama. “O objetivo é fazer o complemento da luminosidade que falta no gramado, em função do sombreamento provocado pela estrutura da cobertura”, explica Ernesto Siqueira Henriques, engenheiro agrônomo responsável pelo gramado da Arena da Baixada.

No outono curitibano é comum haver uma série de dias de chuva e poucos de sol. Por isso, segundo o engenheiro, o fornecimento dessa luz artificial auxilia a grama na fotossíntese e facilita o desenvolvimento e o enraizamento. “Sabemos que a grama de inverno responde muito bem a esse sistema”, garante. O primeiro dos quatros jogos na capital paranaense será na segunda-feira, 16 de junho, às 16h (de Brasília), entre Irã e Nigéria.

Angelo Binder, do Portal da Copa em Curitiba (PR)

Notícias Relacionadas

Mais de 40 mil turistas visitaram a cidade em 10 dias de Mundial; ampliação da frota de táxi, melhorias no aeroporto e rodoviária reformada atenderão à população pós-Mundial
+
Paralisação de cobradores não interferiu na circulação de ônibus nesta quinta-feira (26.06), dia do jogo Argélia x Rússia
+
Jogo terminou em 1 x 1, levando os africanos para as oitavas pela primeira vez
+
Pico de participação do público foi registrado no dia da partida entre Brasil 0 x 0 México, em 17 de junho, quando 438 mil torcedores compareceram aos locais de transmissão dos jogos
+