Governo do Rio de Janeiro inaugura Centro de Comando e Controle

31/05/2013 - 16:02
O local será a base de monitoramento durante os grandes eventos que a cidade sediará. Primeiro teste será no amistoso entre Brasil x Inglaterra

O Governo do Rio de Janeiro inaugurou, nesta sexta-feira (31/05), o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC). O local será a base de monitoramento das demandas cotidianas e dos grandes eventos que a cidade sediará. O primeiro teste operacional das instalações que custaram cerca de R$ 104,5 milhões - 70% do Estado e 30% da União - será realizado neste domingo, durante o amistoso Brasil e Inglaterra, no Maracanã.
 
Inspirado em modelos integrados de segurança adotados em Londres, Nova Iorque, México e Madri, o CICC vai abrigar diferentes órgãos do estado, município e governo federal, como Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Guarda Municipal, Defesa Civil e Companhia de Engenharia de Tráfego do Rio (Cet-Rio).

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou que o centro servirá como base de coordenação da segurança pública das cidades-sede da Copa das Confederações. "Essa obra é impactante pela tecnologia e funcionalidade. A segurança pública do país ganha em qualidade. É um legado que vai ficar para a sociedade brasileira após os grandes eventos. O CICC do Rio de Janeiro terá papel central na articulação das seis cidades-sede na Copa das Confederações", afirmou Cardozo.
 
No prédio, representantes das forças policiais poderão acompanhar o que acontece no estado por um telão de cinco metros de altura por 17 de comprimento, com 98 monitores LED. Nesta primeira fase, voltada para a Copa das Confederações e a Jornada Mundial da Juventude, funcionará o terceiro andar, com a sala de acompanhamento de grandes eventos. Também poderá ser utilizada a área de gerenciamento de crises.
 
O prédio de quatro pavimentos abriga os serviços de teleatendimentos da Polícia Militar, do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), do Corpo de Bombeiros e da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O governador Sérgio Cabral destacou que, a partir do segundo semestre, o centro oferecerá serviços à população 24 horas.
 
"Aqui teremos as polícias federal, civil e militar, forças armadas, bombeiros, serviços da prefeitura e concessionárias trabalhando todos os dias pela população. Serão acrescentados aqui mais serviços e tecnologia pela parceria com o Ministério da Justiça, que vai disponibilizar ônibus para servirem de centros de controle móveis e ganharemos mais um equipamento para helicóptero de última geração", afirmou o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral.

Fonte: Governo do Rio de Janeiro

Notícias Relacionadas

Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Os legados esportivos, econômicos, de infraestrutura, de imagem e promoção do Brasil, dentre outros, serão abordados nos dois dias de palestras
+
Estruturas como o Centro Integrado de Comando e Controle Móvel, usado no Mundial, foram empregadas na competição de vela que está sendo realizada no Rio de Janeiro
+