Franceses projetam duelo contra a Nigéria. Equatorianos lamentam "preço alto" por revés na estreia

25/06/2014 - 21:47
Únicos sul-americanos desclassificados na primeira fase, equatorianos lamentam derrota nos acréscimos na primeira partida da Copa do Mundo

Getty Images#

Único representante sul-americano a cair na primeira fase da Copa do Mundo, o Equador pagou um preço alto por ter sofrido um gol nos acréscimos na estreia contra a Suíça. Esta foi a avaliação do treinador Reinaldo Rueda, após o empate sem gols contra a França, no Maracanã, nesta quarta-feira (25.06). Para ele, a derrota de virada por 2 x 1 no primeiro jogo foi determinante para as pretensões dos equatorianos.

“É um torneio muito curto e talvez pagamos um preço pelo resultado do primeiro jogo. Não fomos eficientes e hoje tínhamos um rival com todas as virtudes pela frente. Talvez tenha faltado chegar na Copa em um nível mais elevado, nossos atletas não tiveram um bom ano nos clubes e não chegaram numa condição ideal. Sabíamos que enfrentaríamos uma Suíça com grandes jogadores e com experiência, mas, não chegamos bem para o jogo. Acredito que esse resultado foi decisivo, porque seria a Suíça ou nós”, analisou Rueda, se referindo à disputa pela segunda vaga do Grupo E, que acabou com a França em primeiro, com sete pontos, seguida pela Suíça, seis pontos, e o Equador, quatro.

» Confira a crônica do jogo

» FIFA Fan Fest ultrapassa o total de 400 mil visitantes no Rio de Janeiro

Eleito melhor em campo contra os franceses, o goleiro Alexander Dominguéz fez a sua parte e parou o ataque adversário, comandado por Benzema. “Sabíamos que íamos enfrentar um rival que joga muito bem e com a expulsão (do equatoriano Antonio Valencia aos cinco minutos do segundo tempo) ficou ainda mais complicado, mas, da minha parte, estou contente pelo que significou esse jogo. Enfrentar atacantes como o Benzema nos motiva mais, apesar que queríamos conquistar os três pontos e seguir na competição”, afirmou o camisa 22, que pretende analisar com os companheiros a eliminação.

“Não conversamos muito, fomos tomar banho, mas vamos ver a reação de cada um e analisar da maneira mais correta o nosso desempenho. E que sirva de experiência, temos um grande grupo e devemos assimilar da melhor maneira o quê fizemos de bom e de ruim e tirar lições”.

Getty Images#

Reinaldo Rueda lamentou os critérios adotados pelo árbitro, que expulsou Valencia, mas não fez o mesmo quando o lateral equatoriano Noboa foi atingido pelo adversário no início da partida. “Perdemos um homem importante e experiente, sofremos ante a França, com todas as suas variáveis de jogo e era difícil buscar o resultado. Mas várias decisões dos árbitros não nos favoreceram. Espero que a comissão de arbitragem avalie o comportamento do juiz, que não foi ideal”.

Por fim, o comandante do Equador, que teve o contrato encerrado nesta quarta e ainda não sabe se renovará, elogiou o grupo e projetou bons resultados para a equipe.

Classificação

Getty Images#

A França alcançou o objetivo de terminar na liderança da chave e vai enfrentar a Nigéria, nas oitavas de final, que terminou em segundo no Grupo F. Os franceses escaparam de pegar a Argentina na próxima fase, mas o técnico Didier Deschamps fez questão de ressaltar a qualidade dos africanos e projetou uma disputa difícil no dia 30 de junho, no Estádio Nacional, em Brasília.

“Primeiro estou avaliando o fato de que chegamos às oitavas, mas teremos pela frente um adversário muito forte, um time sólido na defesa e rápido no ataque. Será um jogo difícil para todos e teremos que lutar”, destacou o treinador, que ainda elogiou a apresentação dos nigerianos diante da Argentina.

Satisfeito com o desempenho da França nos três jogos da primeira fase, Deschamps ressaltou a qualidade do grupo e a oportunidade dada aos jogadores que não vinham jogando. “Quando trago 23 atletas é porque confio neles. Como nem todos haviam tido o prazer de jogar, coloquei alguns, que estiveram muito bem. Poderia fazer mais substituições, mas perderia o entrosamento e ritmo da equipe”, explicou.

A França termina a primeira fase com duas vitórias, 3 x 0 contra Honduras e 5 x 2 contra a Suíça, além do empate com os equatorianos. Além da igualdade com os franceses e da derrota para os suíços, o Equador venceu Honduras por 2 x 1.

Gabriel Fialho - Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Mundial de futebol quebrou recordes históricos e se tornou o evento mais comentado do ano nas redes sociais em todo o mundo
+
Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Evento “Copa 2014: legados para o Brasil” mostra resultados econômicos, culturais e de infraestrutura
+