Fortaleza à espera da Seleção. Apoio não vai faltar, garante a torcida

28/06/2014 - 17:46
Cearenses promete muita festa para receber novamente o Brasil na próxima sexta-feira (4.07), na Arena Castelão, pelas quartas-de-final da Copa do Mundo

“Eles podem vir que aqui vai ter muita festa. Apoio não vai faltar para a gente ganhar a próxima partida. Tenho certeza que, depois desse jogo sofrido, o Brasil leva o hexa”. A enfermeira Fernanda Martins, de 32 anos, era um das 35 mil pessoas que lotaram a arena da Fan Fest, no aterro da Praia de Iracema, para torcer pela Seleção Brasileira no duelo contra o Chile. Ao final da partida e com a vaga assegurada, a festa foi em dobro na capital cearense, já que Fortaleza será a próxima parada do time brasileiro – joga na próxima sexta-feira (4.07), na Arena Castelão. 

“Se o cearense já fez festa no jogo da primeira fase contra o México, imagina agora que será uma partida decisiva”, afirmou o estudante Renan Silveira, de 18 anos, sobre o empate diante dos mexicanos no último dia 17, na Arena Castelão. Para ele, a bola na trave que os chilenos chutaram aos 14 minutos do segundo tempo da prorrogação mostra que a Seleção está com “sorte de campeã”. “Cara, você viu aquilo? Se o time estivesse com azar a bola bateria na trave e cairia dentro do gol. Mas não, ela foi para fora. Isso é sorte de time campeão. Não tem outra explicação”, cravou.

Fotos: Thiago Cafardo/Portal da Copa#Festa em Fortaleza na Praia de Iracema já tem jeitinho de quero mais. Próximo jogo do Brasil será no Castelão

#Simoni foi à Fan Fest com os sobrinhos e elogiou a acessibilidadeO paulista Cláudio Estevão, que comprou ingresso para o jogo das quartas-de-final, elogiou a receptividade do povo cearense. “Aqui em Fortaleza está bem mais animado que em outros lugares que já fui. Os cearenses são muito receptivos e vão trazer energia positiva para a Seleção Brasileira”, disse o professor, aliviado com a vaga carimbada do Brasil. Cláudio Estevão conta que já foi a outras cinco Copas do Mundo (78, 94, 98, 2006 e 2010), mas que nenhuma tem emocionado tanto quanto essa. “É o calor do povo brasileiro. Em nenhum lugar do mundo tem isso”.

Acessibilidade

Simoni Dionísio, de 35 anos, foi neste sábado pela primeira vez à Fan Fest e elogiou a acessibilidade do sistema de transporte e da arena montada na Praia de Iracema. “Está tudo muito bom. O acesso está ótimo e o clima, perfeito. Só falta o Brasil ganhar agora”, disse ela, durante o intervalo da partida contra o Chile. Simoni, que é cadeirante, foi à Fan Fest acompanhada dos sobrinhos Thalia e Matheus. “Amanhã nós estaremos no Castelão para assistir ao jogo da Holanda contra o México”, contou ela, que é torcedora do Ceará Sporting Club.

Alívio

A tensão durante os 120 minutos se transformou em alívio após o último pênalti desperdiçado pelos chilenos. Alguns choravam, outros levantavam as mãos aos céus para agradecer. “Seria muito triste se a gente fosse eliminado logo nas oitavas-de-final. A Seleção não jogou bem. Mas o importante é que, graças ao Júlio César, estamos classificados e o time tem tudo para embalar”, afirmou o mecânico Paulo Enrique, que foi à Fan Fest acompanhado da esposa Mara e do filho, Juan. “Agora é fazer a lição de casa aqui em Fortaleza”, cravou.

Thiago Cafardo, do Portal da Copa em Fortaleza  

Notícias Relacionadas

As duas equipes se enfrentarão em Singapura. Este será o quarto jogo do Brasil neste segundo semestre
+
No período do Mundial, a capital federal recebeu 633 mil visitantes, sendo 488.903 brasileiros e 143.743 estrangeiros. Números superaram as estimativas iniciais
+
Na arena Castelão, foram 49,4 toneladas, enquanto na Fan Fest foram outras 41,4 toneladas. Atividade envolveu 350 catadores de 17 instituições
+
Taffarel será o preparador de goleiros, enquanto Mauro Silva ocupará o cargo de assistente técnico, criado para ser rotativo. Andrey Lopes será o auxiliar
+