Força Nacional do SUS realiza simulação no Carnaval de olho na Copa

08/02/2013 - 16:48
Atividades previstas para Recife e Salvador servirão para testar a capacidade de planejamento, execução e resposta das ações de saúde em eventos de massa

O Ministério da Saúde vai aproveitar os carnavais de Recife e Salvador para testar a capacidade de planejamento, execução, resposta e avaliação das ações da área em eventos de massa, já pensando na Copa das Confederações de 2013 e no Mundial de 2014. A iniciativa é da Câmara Temática da Saúde para a Copa e contará com o envolvimento de toda a Rede Hospitalar e de Urgência do ministério, em parceria com as secretarias estaduais e municipais.

As ações do evento-teste, que contarão com a presença do ministro Alexandre Padilha, também servirão como aprimoramento e qualificação da Força Nacional do SUS (Sistema Único de Saúde), criada em 2011 para agir no atendimento a vítimas de desastres naturais, calamidades públicas ou situações de risco epidemiológico (surtos de leptospirose após enchentes, por exemplo) que exijam uma resposta rápida e coordenada, apoio logístico e equipamentos adequados de saúde.

Para atuação neste carnaval, a Força Nacional contará com 15 equipes de saúde, do SAMU 192, UPA e da rede hospital de urgência, além de profissionais da Secretaria de Vigilância em Saúde, que estarão de sobreaviso para emergências e apoio à gestão.

Simulação
Durante os testes, serão avaliadas ações preventivas, assistenciais e de vigilância sanitária, como barreiras, hospitais e postos de atendimento, de aprimoramento da comunicação de risco e de vigilância epidemiológica em caso de surto, dando resposta rápida para investigação imediata e providências urgentes.

Em Recife, haverá uma simulação de um Acidente com Múltiplas Vítimas (AMV) no sábado (09.02). Será testado o plano de resposta às situações de emergência, com, aproximadamente, 50 profissionais envolvidos. O evento será realizado no Pátio da Igreja do Carmo na Avenida Dantas Barreto, próximo ao Posto Médico Avançado do SAMU.

Já em Salvador, o teste é um incidente envolvendo um trio elétrico com participantes do evento (foliões). A simulação está prevista para este domingo (10.02). O evento contará com cerca de 60 profissionais e acontecerá na Avenida Ademar de Barros no Bairro Ondina, no local onde termina o desfile dos blocos e a saída dos foliões.

Câmara da Saúde
A Câmara Temática da Saúde é coordenada pelo Ministério da Saúde, que faz a interlocução com as 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014. O objetivo é planejar as atividades na área da saúde, estabelecendo diretrizes gerais e metas, ações estratégicas e o apoio às ações com as sedes para o Mundial.

Os integrantes da Câmara discutem e elaboram planos para contenção de epidemias, avaliam a necessidade da preparação de campanhas preventivas de vacinação em municípios que receberão jogos e regiões turísticas próximas e organizam a rede assistencial pública e privada para atender as demandas durante o evento.

Inicialmente, será realizada simulação nas seis cidades-sede da Copa das Confederações (Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador) e posteriormente em todas as demais sedes da Copa do Mundo. Cada uma delas tem a proposta de realizar um simulado para testar o plano de resposta.

Experiências
Ao todo, a Câmara Temática da Saúde para a Copa 2014 já realizou quatro eventos-teste desde o ano passado: bloco carnavalesco Galo da Madrugada, em Recife, Jogos Escolares, em Cuiabá, Festival Folclórico de Parintins, no Amazonas, a e Rio + 20, no Rio de Janeiro.

Fonte: Agência Saúde/ Ascom Ministério da Saúde

Notícias Relacionadas

Diretora da Unaids no Brasil se encontrou nesta terça com o ministro do Esporte, que assinou a bola que simboliza a iniciativa. Um exemplar com as rubricas da presidenta Dilma e de outros chefes de Estado será levado para a Assembleia Geral da ONU
+
Dados divulgados pelo Ministério da Saúde mostram que 97,3% dos casos ocorridos nas arenas foram resolvidos no próprio local
+
Software foi criado nos Estados Unidos e adquirido pelo Ministério da Saúde para ajudar a organizar informações para atendimentos de todo o tipo
+
Secretário de saúde informa que casos começam a diminuir e prevê situação tranquila durante a Copa
+