Fonte Nova: dez andares de estrutura e foco na acessibilidade

05/04/2013 - 01:49
Torcedores terão acesso por elevadores, rampas e escadas. Deficientes contarão com piso tátil e assentos reservados. No total são quase 2,5 mil vagas de estacionamento

Portal da Copa/ME/Março de 2013#Um dos múltiplos acessos à arena

 #Clique na imagem para ver a cobertura<BR> completa da inauguração da Fonte NovaOs torcedores poderão entrar na Fonte Nova pelas quatro direções do estádio, por meio de rampas, escadas e elevadores. O edifício tem dez níveis e três anéis de arquibancadas (inferior, intermediária e superior). Em dias de eventos, as pessoas terão que passar por uma das 126 catracas que dão acesso ao local.  

De acordo com o consórcio Arena Fonte Nova, o equipamento atende a todos os requisitos de acessibilidade. Além de rampas e elevadores, as pessoas com deficiência terão assentos reservados. São 358 lugares para pessoas com mobilidade reduzida, 66 vagas para cadeirantes, além de 500 assentos para acompanhantes e outros 60 para obesos. Há também acessibilidade para cadeirantes e portadores de mobilidade reduzida nas áreas VIP’s (camarotes e lounges).

A arena conta ainda com 16 cadeiras para deficientes visuais, numa área com piso tátil e acompanhamento de orientadores para a circulação segura. Os assentos dos deficientes visuais serão próximos às cabines de imprensa, para que eles acompanhem a narração dos jogos. O estádio é todo sinalizado e conta com 23 banheiros para deficientes.

Divulgação#

Andar por andar

É possível circular por todo o perímetro da arena por meio de rampas. Há também acessos pelos quatro níveis de estacionamento, escadas e elevadores, que podem levar direto a locais como os camarotes. O estádio chega a ter, em um dos seus níveis, 21 pontos de entrada e saída por escadas. Ao todo são nove elevadores. 

A garagem reúne quatro pavimentos (níveís 1 a 4), sendo que o nível 2 é o mesmo do campo. No nível 3 há dois banheiros e dois quiosques de alimentação e o 4 é o mesmo dos vestiários, salas de coletiva de imprensa e zona mista. O quinto pavimento é reservado para a circulação geral de pessoas e soma oito banheiros e 15 quiosques de alimentação.

No sexto nível estão 11 banheiros, cinco quiosques de alimentação, além do lounge premium e do espaço cultural. Subindo um piso, chega-se aos camarotes e o espaço acima da “abertura da ferradura”, que após os eventos da FIFA será transformado em restaurante. Durante a Copa das Confederações e Copa do Mundo, o local será um lounge VVip. Neste nível também há sete banheiros, além dos privativos dos camarotes.

O oitavo pavimento conta com o salão de mídia, 13 quiosques e 18 banheiros. O penúltimo piso é todo destinado às áreas técnicas para operar o estádio. Por fim, no nível 10 estão as cabines de imprensa.

Foto: Tiago Falqueiro/Blog do Planalto#Estacionamento conta com espaço para adeptos da "carona solidária"

Estacionamento

Nos quatro níveis de estacionamento há 869 vagas, com espaços reservados para pessoas com deficiência e para veículos que adotam a carona solidária. No primeiro nível são 211 vagas, no segundo 403, no terceiro 174 e no quarto 81 postos. No total são 2.450 vagas de estacionamento. Isso porque, além das vagas nos pavimentos da arena, há um edifício garagem com 1,1 mil postos, e 500 vagas descobertas na área externa.

Gabriel Fialho – Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Mundial de futebol quebrou recordes históricos e se tornou o evento mais comentado do ano nas redes sociais em todo o mundo
+
Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Evento “Copa 2014: legados para o Brasil” mostra resultados econômicos, culturais e de infraestrutura
+