Estádio Nacional: esplanada ao redor da arena pensada para facilitar a circulação

18/05/2013 - 00:18
Torcedores terão 19 opções de entrada e 158 catracas para chegar à arena. Todos os setores são monitorados por câmeras, controladas em uma central de comando

A segurança é uma das principais preocupações do projeto do Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília. Além do monitoramento de veículos e pessoas em todos os setores, inclusive no entorno da arena, por meio de câmeras capazes de fazer reconhecimento facial, os acessos ao edifício foram pensados para facilitar o fluxo de pessoas. O local pode ser evacuado em até oito minutos.

O estádio é dividido em quatro setores e tem um total de oito pavimentos. Os torcedores terão 19 portões, com um total de 158 catracas, para entrar e sair. “Em todos os níveis de acesso há catracas para que a bilhetagem aconteça com bastante segurança e controle. Nesses mesmos locais temos as câmeras que fazem o controle de acesso e todo o monitoramento de quem entra e sai”, detalha Maruska Holanda, engenheira responsável pela obra.

A circulação ainda poderá ser feita por 50 rampas, quatro escadas rolantes, 60 escadas normais e 20 elevadores. “Escadas rolantes nós temos na área VIP, que sobem desde o segundo subsolo até o primeiro piso. Os elevadores atendem todo o perímetro do estádio, por uma questão de acessibilidade mecânica. E temos as rampas que chegam a todos os níveis e tem total acessibilidade, para que os níveis funcionem para portadores de necessidades especiais e também para não portadores”, complementa a engenheira.

Além disso, a esplanada com mais de 617,8 m² tem a função de facilitar o acesso a todos os níveis de arquibancada de forma independente e ágil.

Monitoramento

Uma sala de comando e controle abrigará a coordenação das equipes de segurança e saúde que atuarão na arena. O monitoramento do fluxo de pessoas no entorno, nas entradas, catracas, rampas e demais setores, incluindo as arquibancadas, será feito do local. Também é dali que são feitas as transmissões de informações nos placares e sistema de som.

A sala tem capacidade para cerca de dez pessoas. A operação geral do Estádio Nacional será feita por cerca de duas mil pessoas. Outros cinco mil agentes de segurança, policiais e bombeiros devem atuar em dias de eventos na arena. 

» Acompanhe a cobertura completa do Portal da Copa para a inauguração do Estádio Nacional de Brasília

Gabriel Fialho – Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Gols foram de Van Persie, Blind e Wijnaldum. Seleção anfitriã encerra o Mundial com a quarta colocação
+
Higuaín "desencantou" e marcou seu primeiro gol na Copa de 2014. Hermanos aguardam o vencedor do confronto entre Holanda e Costa Rica, logo mais, às 17h
+
Irmãos Alan e Lula Marques registram as obras, o trabalho dos operários e o ambiente dos primeiros jogos disputados na arena de Brasília
+
Equipe enfrenta a Argentina em Brasília, no sábado, na disputa de uma das vagas na semifinal
+