Novo Maracanã: em três cores, cadeiras são retráteis e certificadas

27/04/2013 - 00:15
A capacidade do estádio é de quase 79 mil lugares. Os assentos têm tonalidades de azul, amarelo e branco, todos com visibilidade total da área de jogo. Há 110 camarotes

O novo Maracanã tem capacidade para 78.838 pessoas. O estádio ganhou um colorido especial, já que as cadeiras têm diferentes tonalidades de azul, amarelo e branco. A cobertura protege mais de 95% dos assentos e a inclinação da arquibancada garante que todos os locais tenham visibilidade total das partidas.

A escolha das cadeiras foi baseada em critérios de qualidade e atendeu às recomendações de certificação da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).  “São cadeiras dentro da norma. Passaram por testes de resistência, impacto e durabilidade. Além disso, não propagam chamas. A escolha de cores mostra movimento. É um projeto aleatório, não estático. Para manutenção e reposição é bem melhor”, afirmou Ícaro Moreno, presidente da Empresa de Obras Públicas do Estado do Rio de Janeiro (Emop).

As características dos assentos mudam de acordo com o setor em que ele está fixado. “Existe a cadeira para o público geral, rebatível, as da área de hospitalidade, que têm braço e são acolchoadas, as do convênio de material reciclado PET, além de cadeiras da área Premium, com braços, estofamento especial e apoio para copos”, explica Ícaro.

Foto: Danilo Borges/Portal da Copa#A setorização permite ao torcedor saber exatamente por onde deve chegar à área da arquibancada, fazendo com que seja mais rápido e cômodo entrar e sair do estádio. “As pessoas têm seis identificações para chegar ao assento: portão; setor; bloco; nível; fila e cadeira”, enumerou Ícaro. Para garantir os padrões de acessibilidade, há assentos para obesos, setores para pessoas com deficiência e piso tátil para orientação de deficientes visuais.

Conforto extra

As áreas VIP compreendem 10 mil cadeiras premium, localizadas no primeiro pavimento, os 110 camarotes, que ficam no segundo e terceiro pavimentos, além de tribunas de honra e de imprensa. As entradas desse setor serão feitas pelas rampas dos setores leste e oeste (perto da estátua do Bellini e da Uerj), através de catracas exclusivas. Os torcedores VIP poderão desfrutar de grande área de convivência com telões e serviços de bares e banheiros exclusivos.

Cada um dos 110 camarotes do novo Maracanã tem em média 50 metros quadrados, divididos entre área interna e externa, separadas por vidro blindex. O interior é climatizado e conta com banheiro próprio, bancada de granito com pia e sala de estar. Em frente, ao ar livre, há uma área exclusiva equipada com cerca de 25 cadeiras especiais e confortáveis. Além disso, os usuários poderão chegar aos camarotes através de elevadores e lounges próprios.

Os camarotes se situam nas áreas centrais da arquibancada. Uma parte ocupará o terceiro pavimento do lado oeste e o restante em dois andares do lado leste. A maior visibilidade é uma diferença fundamental em relação aos antigos camarotes, já que os atuais estão a 80 metros de distância do campo, enquanto os anteriores ficavam a 190 metros. A interação com o público também passa a ser maior, uma vez que os antigos eram fechados.

Cadeiras Cativas

Os donos das 4.968 cadeiras cativas do Maracanã passarão por recadastramento e, posteriormente, por um sorteio para definir o novo posicionamento dos assentos. Os espaços das cadeiras cativas só receberão os assentos depois da disputa da Copa das Confederações. Durante o torneio e a Copa do Mundo, o espaço será a área de mídia, com mobiliário próprio.

Foto: Danilo Borges/Portal da Copa#

Confira a cobertura completa do Portal da Copa:

» A bola volta a rolar no Maracanã

Carol Delmazo e Gabriel Fialho – Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Estruturas como o Centro Integrado de Comando e Controle Móvel, usado no Mundial, foram empregadas na competição de vela que está sendo realizada no Rio de Janeiro
+
BRT carioca teve seis novas estações inauguradas neste fim de semana e liga a Barra da Tijuca ao aeroporto do Galeão
+
O artilheiro do Mundial com seis gols ainda alcançou a terceira posição com o tento anotado contra o Japão, em enquete promovida pela FIFA
+
Hotéis tiveram ocupação de 93,8% durante todo o período do evento
+