Doha Goals, no Catar, aposta no esporte como motor de mudança social

11/12/2012 - 11:08
Evento reúne representantes de governo, entidades esportivas e atletas de projeção internacional

Foto: Dohagoals.com#Líderes de governo, lendas olímpicas e alguns dos maiores patrocinadores de esportes do mundo se reuniram em Doha, nesta terça-feira (11.12), capital do Qatar, para o lançamento de metas do Fórum permanente Doha Goals, iniciativa destinada a desenvolver a utilização do esporte como um motor de mudança social e econômica.

O encontro foi aberto pelo Emir Hamad bin Khalifa Al-Thani, monarca do país, com a presença do presidente Ali Bongo Ondimba, do Gabão, e de campeões Olímpicos e mundiais - incluindo o velocista americano Carl Lewis, a maratonista queniana Tegla Loroupe, a velocista francesa Marie-José Pérec e o nadador australiano Ian Thorpe. Também estiveram presentes o ex-presidente da Franca, François Sarkozy, o presidente da FIFA, Joseph Blatter, além de representantes de centenas de países.

Pelo Brasil, o embaixador Carlos Henrique Cardim, chefe da Assessoria Internacional do Ministério do Esporte, e Vicente Neto, chefe de Gabinete da pasta, além do embaixador brasileiro no país, Hildebrando Tadeu Valladares.

Em seu discurso, Sarkozy desafiou os dirigentes do Doha Goals a implementarem medidas de fortalecimento do esporte no Oriente Médio. Blatter disse que uma de suas prioridades é levar o futebol a todos os continentes, com destaque para a África e a Ásia, que têm revelado novas potências nas últimas Copas do Mundo.

Douglas De Felice/Ministério do Esporte/Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Diretora da Unaids no Brasil se encontrou nesta terça com o ministro do Esporte, que assinou a bola que simboliza a iniciativa. Um exemplar com as rubricas da presidenta Dilma e de outros chefes de Estado será levado para a Assembleia Geral da ONU
+
Joseph Blatter e Jérôme Valcke elogiaram a organização do Mundial e a hospitalidade do povo brasileiro
+
Presidente da FIFA também destacou o alto nível do futebol desta edição da Copa. CEO do Comitê Organizador Local, Ricardo Trade, exaltou o sucesso da organização do torneio
+