Diretor do ONS explica ações para garantir estabilidade de energia durante a Copa

10/04/2013 - 18:30
Segundo Hermes Chipp, nos dias de jogos vai haver redução no carregamento dos principais troncos de transmissão para evitar sobrecarga nas sedes. Estádios serão equipados com sistema de geração próprio

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) vai tomar medidas preventivas para garantir a estabilidade no fornecimento de energia elétrica no país durante a Copa do Mundo, especialmente nas 12 sedes dos jogos. A garantia foi dada na tarde desta quarta-feira (10.04) pelo diretor do ONS, Hermes Chipp, durante audiência pública na Comissão de Minas e Energia da Câmara.

Durante os jogos da Copa vai haver redução no carregamento dos principais troncos de transmissão, visando a minimizar os riscos de queda de fornecimento por sobrecarga, além da garantia adicional propiciada pelas usinas termelétricas, que são usadas para reforçar a estabilidade do sistema durante o ano inteiro. Foram criadas oito  forças tarefa para cuidar do suprimento durante os jogos, com base no desempenho da transmissão de alta tensão e do potencial de distribuição.

A preparação para a Copa tem custo estimado em R$ 100 milhões, segundo informou Chipp. Além das providências do ONS, os estádios estarão equipados com sistemas de geração própria. “O ONS faz um trabalho preventivo em dias importantes, como o Natal ou o Revéillon e a Copa das Confederações (de 15 e 30 de junho) será um primeiro teste para o funcionamento do sistema de controle que foi implantado para a Copa”, disse.

Chipp participou de audiência pública na Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados. O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) é o órgão responsável pela coordenação e controle da operação das instalações de geração e transmissão de energia elétrica no Sistema Interligado Nacional (SIN), sob a fiscalização e regulação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Fonte: Agência Brasil

Notícias Relacionadas

Mundial de futebol quebrou recordes históricos e se tornou o evento mais comentado do ano nas redes sociais em todo o mundo
+
Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Evento “Copa 2014: legados para o Brasil” mostra resultados econômicos, culturais e de infraestrutura
+