Conheça detalhes do plano de mobilidade de Brasília para a Copa

30/05/2014 - 18:06
Bolsões de estacionamento, interdição de vias, transporte público. Confira a organização da capital federal para os sete dias em que haverá jogos na cidade

Moradores de Brasília e turistas já podem se informar sobre a mobilidade nos sete dias de jogos da Copa do Mundo. O Governo do Distrito Federal divulgou o Mapa de Acessibilidade para o Mundial. O documento oferece informações sobre bolsões de estacionamento, interdição de vias e demais aspectos da organização nas proximidades do Estádio Nacional Mané Garrincha.

O plano prevê a interdição de sete vias na região central da capital federal, onde está localizada a arena – aquelas entre a Rodoviária do Plano Piloto e a Esplanada dos Ministérios não serão interditadas. Além disso, o trânsito em algumas vias que passam pelo entorno do estádio sofrerá interferência. E a FIFA instalará postos de verificação veicular em um raio de até dois quilômetros do local.

Haverá estacionamentos para veículos de passeio (18), ônibus de turismo (1), pessoas com deficiência (1) e profissionais de imprensa credenciados pela FIFA (1). Nos arredores do Mané Garrincha, haverá ainda uma área de isolamento da entidade e outra restrita a veículos, ambas para credenciados. Sete vias próximas do local serão interditadas, e todas (exceto áreas em vermelho) estarão liberadas para pedestres.

Os bolsões de estacionamento do Parque da Cidade (são 12 locais diferentes), da plataforma superior da Rodoviária do Plano Piloto (1) e da Rodoferroviária (1) receberão serviço de ônibus especiais. Os veículos deixarão os torcedores em parada provisória criada para o Mundial. Testado durante a Copa das Confederações, o ponto está localizado a cerca de 400 metros do estádio, entre a Torre de TV e a Funarte.

A recomendação para os torcedores que optarem pelos estacionamentos dos setores Comercial Sul e Norte (2) e dos setores de Rádio e Televisão Sul e Norte (2) é seguir a pé até o Mané Garrincha. Como a arena está localizada a 1,8 km da Rodoviária e da estação central do Metrô, é possível se deslocar dessa forma a partir dos setores hoteleiros Sul e Norte e das quadras residenciais do início das asas Sul e Norte.

Clique na imagem para ampliar

Mobilidade reduzida

Portadores de mobilidade reduzida terão estacionamento exclusivo, entre a W4 e a W5 Norte, na altura do Colégio Militar de Brasília. No local, haverá ônibus adaptado para o transporte até um ponto de acesso no perímetro de segurança do estádio.

Transporte público

A Rodoviária é acessível via metrô ou ônibus. O Metrô-DF tem estações em Ceilândia, Samambaia, Taguatinga, Águas Claras e Guará. Também atende a Asa Sul do Plano Piloto. A partir da Rodoviária, o torcedor poderá seguir a pé ou pela Linha Circular Rodoviária/Estádio. Caso opte pelo serviço de transporte, a parada de ônibus está localizada próxima dos portões de entrada do Mané Garrincha.

Táxis

Os táxis vão operar no Setor Hoteleiro Sul, em ponto localizado no Complexo Brasil 21. O embarque e o desembarque ocorrerão somente nesses locais.

Ruas interditadas

Via N1 (Eixo Monumental, sentido Esplanada – Buriti): da Rodoviária de Brasília até o Tribunal de Contas do Distrito Federal, bem como as vias de ligação entre a via N1 e a via S1 localizadas desde a Rodoviária de Brasília até o Setor Militar Urbano;

Via N2 (Paralela ao Eixo Monumental, passa pelos anexos dos Ministérios no lado norte): da rotatória junto às vias W5/W4 Norte até a via de contorno do Autódromo;

Via de contorno do Autódromo Internacional Nelson Piquet, desde a Via N2 até a Estrada Parque Abastecimento e Armazenamento;

Via do Setor de Administração Municipal (SAM), desde a via de contorno do autódromo até a via N1;

Via S2, no trecho entre a via S1 e a via W5 Sul;

Acesso ao Parque da Cidade localizado junto à via W5 Sul, na altura da quadra 901 Sul e saída do Parque da Cidade em direção à via S1, próxima ao MPDFT;

Via de ligação N1/S1 localizada em frente ao Centro de Convenções Ulysses Guimarães;

Não haverá interdição de vias entre a Rodoviária do Plano Piloto até a Esplanada dos Ministérios.

Períodos de interdição

Nos dias de jogos às 13h, haverá interdição das 7h às 18h: Suíça x Equador, em 15 de junho (domingo); Colômbia x Costa do Marfim, em 19 de junho (quinta-feira); Portugal x Gana, em 26 de junho (quinta-feira); o jogo pelas oitavas de final, em 30 de junho (segunda-feira) e a partida pelas quartas de final, em 5 de julho (sábado).

Nos dias de jogos às 17h, haverá interdição das 7h às 20h: Brasil x Camarões, em 23 de junho (segunda-feira) e a disputa de terceiro lugar, em 12 de julho (sábado).

Interferência

Haverá interferência no trânsito em algumas vias que passam pelo entorno do Mané Garrincha:

Via S1, do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios até a Torre de TV: funcionará com duas faixas exclusivas de ônibus à esquerda, junto ao canteiro central, junto ao canteiro central, e três faixas para o fluxo geral;

Via de contorno do Parque da Cidade. Funcionará com uma faixa exclusiva de ônibus junto aos bolsões de estacionamento e três faixas para o fluxo em geral, em sentido único (anti-horário);

A FIFA instalará Postos de Verificação Veicular em um raio de até 2 quilômetros (mancha laranja no mapa).

Renato Freire, do Portal da Copa em Brasília

 

Notícias Relacionadas

No período do Mundial, a capital federal recebeu 633 mil visitantes, sendo 488.903 brasileiros e 143.743 estrangeiros. Números superaram as estimativas iniciais
+
Relatório da ANTT também aponta que a Argentina liderou os fretamentos internacionais no período
+
Aeroportos, segurança pública e atrativos turísticos têm mais de 80% de aprovação entre os profissionais de imprensa
+
Ao todo, 1,6 milhão de passageiros passaram pelos terminais entre 10/6 e 13/7. A cada 10 passageiros que desembarcaram no país, um passou pela capital
+