Conheça as áreas de atuação do Brasil Voluntário na Copa do Mundo

27/01/2014 - 16:57
Candidatos a voluntários podem optar por seis áreas distintas. Seleção dependerá de outros fatores, como o perfil indicado na inscrição e o número de vagas disponíveis

O Programa Brasil Voluntário, programa de voluntariado do governo federal para a Copa do Mundo da FIFA, segue com inscrições abertas até o dia 6 de março. Com inscritos de todas as idades e perfis, os voluntários já podem indicar duas áreas de atuação de sua preferência entre seis opções: aeroportos, mobilidade, proximidades dos estádios, áreas de fluxo, eventos de exibição pública e centros abertos de mídia (nas cidades onde houver).

O voluntário que atuar na área de mobilidade será essencial para orientar visitantes e torcedores em terminais de ônibus ou metrô e em outros pontos estratégicos das cidades-sede do torneio. “Eles que orientarão o público para o caminho das arenas, como qual metrô ou ônibus se deve pegar em direção ao estádio, por exemplo. Mas tudo de acordo com o plano de mobilidade de cada cidade”, explica a decana de Extensão da Universidade de Brasília, Thérèse Hofmann.

Similar à mobilidade, atuar em áreas de fluxo também será essencial durante o torneio. Os voluntários que optarem por essa área irão orientar visitantes em locais de grande movimentação de pessoas, como pontos turísticos e centros comerciais.

Outro ponto de apoio dos voluntários será nos aeroportos. Esta área de atuação tem foco nos candidatos que apresentarem conhecimento em outros idiomas. “Para atuar nos aeroportos, além da escolha no momento da inscrição, será dada prioridade ao candidato fluente em outro idioma. O aeroporto é o primeiro ponto de contato com os visitantes estrangeiros, então é vital a fluência em outra língua”, explica Thérèse. O ponto que também dá preferência a candidatos com conhecimento em idiomas é o Centro Aberto de Mídia (CAM). Nas cidades onde este serviço estiver disponível, os voluntários auxiliarão jornalistas brasileiros e estrangeiros não-credenciados durante o torneio.

Os voluntários também poderão atuar nas proximidades dos estádios. Eles darão apoio ao evento prestando informações sobre as arenas (portões, estacionamentos, assentos) e no auxílio da organização do fluxo de entrada e saída dos torcedores. Já nos eventos de exibição pública, os voluntários receberão e orientarão os torcedores em grandes eventos simultâneos aos jogos, nas cidades onde os eventos forem realizados.

Com foco principalmente em dias de jogos, a atuação dos voluntários selecionados terá início em junho, em São Paulo, sede da abertura do torneio. “Esperamos compromisso, disposição, disponibilidade, cordialidade, pró-atividade, saber escutar, saber trabalhar em equipe, paciência e gentileza de cada voluntário selecionado”, conclui Thérèse.

Fonte: Programa Brasil Voluntário

Notícias Relacionadas

Capital do Mato Grosso contou com a atuação de 357 voluntários, em locais como aeroporto, rodoviária, Arena Cultural, entorno da Arena Pantanal, FIFA Fan Fest e Centro Aberto de Mídia
+
Voluntários do governo federal aprovam experiência no Mundial; objetivo agora é aproveitar a vivência adquirida em novos projetos e na busca por oportunidades no mercado de trabalho
+
Certificação digital estará disponível na plataforma de agendamento; voluntários do governo federal serão comunicados por email
+
Voluntários do governo federal falam sobre a oportunidade de atuar no auxílio a torcedores e visitantes e relatam as emoções vividas durante o Mundial
+