Comitê Organizador Local avalia positivamente o legado da Copa no país

04/12/2013 - 21:08
Secretário-executivo do Ministério do Esporte destacou o sucesso da realização da Copa das Confederações

O legado que a Copa do Mundo deixará para o país mereceu nota dez do CEO do Comitê Organizador Local, Ricardo Trade. Um desses benefícios que o Brasil terá com a realização do megaevento é a capacitação profissional e o incentivo à cultura do voluntariado.

“Eu daria uma nota muito grande para o que vai ficar de legado para o país. O governo federal está instrumentalizando esses dados. Então, se você somar cada um dos investimentos nas sedes, eu daria nota 10. Para a organização, estamos no caminho para fazer uma boa pontuação. Realizamos uma boa Copa das Confederações e eu diria que, juntos com as sedes, com os planos que vamos organizar, chegaremos perto para realizar uma Copa do Mundo nota 10”, declarou Trade.

A avaliação positiva também foi feita por Luis Fernandes, secretário-executivo do Ministério do Esporte, que destacou o sucesso da realização da Copa das Confederações. “Dadas as circunstâncias da Copa das Confederações, em condições adversas, nós fomos aprovados com louvor. Para a Copa, é ter cuidado e identificar os problemas que ocorreram e corrigi-los, para termos nota tão boa, ou ainda melhor”.

As equipes que atuarão nas 12 sedes do Mundial já começaram a ser preparadas. Somente para trabalhar nos dias de eventos relacionados ao sorteio final, que ocorre na Costa do Sauipe (BA), são 250 voluntários atuando.

“Já estamos trabalhando no programa de voluntários, estamos acertando o local onde eles vão atuar, qual o papel deles, a definição disso. Estão sendo feitas dinâmicas de grupos em cada uma das cidades-sede, nós temos nossas equipes espalhadas e contamos com a ajuda das capitais para isso, que nos cede os espaços. Entrevistas individuais em inglês e português para saber quem tem habilidade com idiomas”, detalhou Trade.

A última etapa de preparação dos voluntários será o treinamento em que serão identificados o perfil de cada um e, por fim,  próximo a competição, eles conhecerão os locais de trabalho e como funcionam, na prática, as área em que vão atuar.

Fotos em alta resolução do Media Day na Costa do Sauipe

Entrevistas coletivas - Media Day na Costa do Sauipe

Entrevistas coletivas - Media Day na Costa do Sauipe

Leia também:

» Em entrevista coletiva, ministro do Esporte fala sobre diversidade do Brasil e explica prazos de entrega de estádios

» Ingressos específicos para torcedores das 32 equipes da Copa estarão disponíveis na próxima fase de vendas

» Confira o infográfico com os procedimentos para divisão das equipes por potes no sorteio final da Copa

» Infraestrutura de telecomunicações foi acelerada por causa da Copa, diz secretário-executivo do MiniCom

» Segurança dos estádios brasileiros é de alto padrão, afirma consultor da FIFA

» Representantes de seleções viajarão pelo Brasil após sorteio da Copa para conhecer sedes dos jogos e treinos

» FIFA e governo federal mostram o impacto da Copa na atração de turistas para o país-sede

» Planejamento e hospitalidade são os trunfos para a excelência dos serviços ao espectador durante o Mundial

» Resultado do sorteio de grupos pode incrementar turismo em cidades-sede que possuem voos internacionais

Gabriel Fialho - Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Mundial de futebol quebrou recordes históricos e se tornou o evento mais comentado do ano nas redes sociais em todo o mundo
+
Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Evento “Copa 2014: legados para o Brasil” mostra resultados econômicos, culturais e de infraestrutura
+