Com um gol relâmpago e outro no fim, EUA vencem Gana na Arena das Dunas

16/06/2014 - 21:38
Dempsey abriu o placar com apenas 28 segundos e Brooks decretou o triunfo norte-americano por 2 x 1 ao marcar aos 41 do segundo tempo

Com um gol no primeiro minuto e outro já no fim da partida, os Estados Unidos estrearam com vitória na Copa do Mundo da FIFA 2014. Clint Dempsey abriu o placar com apenas 28 segundos de jogo e o zagueiro Brooks marcou de cabeça, aos 41 da segunda etapa, para assegurar aos norte-americanos o triunfo por 2 x 1 sobre Gana, pelo Grupo G do Mundial, na Arena das Dunas, em Natal (RN). André Ayew descontou para os africanos.

Pelo começo, parecia que os Estados Unidos teriam uma partida tranquila diante dos ganeses. O primeiro lance de ataque resultou em um belo gol de Dempsey. Ele recebeu a bola de Jones, passou entre dois defensores e bateu rasteiro de esquerda para abrir o marcador. A bola ainda pegou na trave antes de entrar. O gol mais rápido da Copa do Mundo no Brasil.

Mas o gol parece não ter feito bem aos norte-americanos. Com a vantagem no marcador, a equipe passou a se preocupar mais com a defesa. A postura deu campo para Gana partir para cima, mas a pontaria dos africanos deixou a desejar. O 1 x 0 persistiu até os 37 do segundo tempo, quando André Ayew recebeu belo passe de Gyan de calcanhar e bateu de esquerda para empatar.

Após o gol, os ganeses partiram ainda mais para o ataque, em busca da virada. Melhor em campo, os africanos acabaram derrotados em um lance de bola parada. Em cobrança de escanteio, o zagueiro John Brooks apareceu livre dentro da área, cabeceando com precisão e decretando a vitória dos Estados Unidos, para o delírio da torcida na Arena das Dunas.

A vitória deixa os Estados Unidos na segunda posição do Grupo G, atrás da Alemanha no saldo de gols. No próximo domingo (22.06), os norte-americanos enfrentam Portugal, às 18h, em Manaus. Alemanha e Gana jogam um dia antes, no sábado (21.06), às 16h, em Fortaleza.

Gana x Estados Unidos - Arena das Dunas - Jogo

Gana x Estados Unidos - Arena das Dunas - Jogo

Torcidas animadas

Com 39.760 torcedores presentes na Arena das Dunas, o estádio foi tomado pelos cantos das arquibancadas. Tanto a torcida de Gana, quanto a dos Estados Unidos e até a do Brasil estavam bastante empolgadas e gritavam canções dos seus países. No lado africano, até uma charanga surgiu para integrar a festa.

Torcendo pelos ianques, a estudante Shelby Nelson lembrou que o futebol não está entre os esportes preferidos no país para comemorar ainda mais a vitória. “O jogo foi ótimo. Todos pensam que os Estados Unidos não jogam bem porque o futebol não é o esporte mais popular, mas hoje conseguimos ganhar de Gana, que é um bom time”, comentou ela, em um bom português.

A norte-americana viveu seis meses no Brasil e voltou para curtir a Copa. “Recebi uma bolsa da minha faculdade e vim para o Brasil, país que adorei. Então quis voltar para conhecer o Rio de Janeiro, Salvador e outros lugares. Agora estou aqui na Copa do Mundo. Infelizmente só consegui ingresso para esse jogo, e já volto quinta para os EUA.”.

Na torcida adversária estava Alex Lopes, também estudante, mas natural de Cabo Verde, na África. Mesmo sem sua seleção presente, a torcida de Alex foi por Gana. “Vim muito feliz representar a África torcendo para Gana. Na Copa também estou torcendo por Portugal e Brasil, mas o apoio maior é para os países africanos mesmo”, diz.

Pela primeira vez em um Mundial, o jovem saiu satisfeito da Arena das Dunas. “É um ambiente incrível. Pena que Gana perdeu, mas vamos ver na próxima”, disse Alex. 

Gana x Estados Unidos - Arena das Dunas - Torcida

Gana x Estados Unidos - Arena das Dunas - Torcida

Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Estádio de Natal é o nono dos utilizados durante a Copa a obter o selo
+
Levantamento ouviu mil pessoas, no período de 12 a 25 de junho, e engloba visitantes estrangeiros e nacionais
+
Com boa atuação, Diabos Vermelhos vencem os norte-americanos e agora pegam a Argentina
+
Marcelo Balboa jogou os Mundiais de 1990, 1994 e 1998 e elogiou a experiência no país até agora
+