Com cobertura quase finalizada e primeiras cadeiras, Estádio Nacional chega a 94%

22/03/2013 - 16:41
Assentos começaram a ser instalados nesta semana. Gramado, cultivado em Sergipe, tem início de plantio previsto para a primeira quinzena de abril. GDF firmou parceria com o PNUD para a montagem de estruturas temporárias

Foto: Glauber Queiroz/Portal da Copa#Imagens retratam avanço na instalação da cobertura, fixação das cadeiras das arquibancadas e fachada do estádio

O Governo do Distrito Federal (GDF) informou que as obras no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, na capital federal, chegaram a 94% de conclusão. A cobertura está em fase final de instalação e a previsão é de que a membrana esteja inteiramente posicionada na próxima semana. As estruturas para os dois conjuntos de placares eletrônicos já foram instaladas.

Os cerca de 70 mil assentos começaram a ser colocados nos últimos dias. Foram escolhidas a cor vermelha para os assentos gerais da arena e a cor vinho para os camarotes.

O gramado está sendo cultivado em uma fazenda no estado de Sergipe. O início do plantio está previsto para a primeira quinzena de abril. A grama é da espécie Bermuda celebration e será transportada em rolos para o estádio. O campo terá dimensões de 105m x 68m.

Foto: Glauber Queiroz/Portal da Copa#

A inauguração da arena está marcada para 21 de abril, data do aniversário de Brasília. A arena receberá a abertura da Copa das Confederações, em 15 de junho, num confronto entre Brasil e Japão. Antes, estão previstos dois eventos teste. Um no dia 18 de maio, na final do Campeonato Candango, e outro em 25 de maio, na primeira rodada do Brasileirão, com o confronto entre Santos x Flamengo.

PNUD
Um acordo de cooperação técnica internacional entre o GDF e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) possibilitará o fornecimento de estruturas temporárias para o Estádio Nacional durante a Copa das Confederações FIFA 2013, em junho de 2013, e o mundial de 2014. O contrato é de R$ 34 milhões e ocorre de forma semelhante ao convênio celebrado com o governo federal para a realização da Rio+20, quando o PNUD forneceu estruturas temporárias para a conferência internacional.

De acordo com nota divulgada pelo PNUD, o órgão lançará avisos de licitações públicas e de seleções de consultorias para a contratação de serviços de engenharia, aquisições de bens e serviços e seleções de profissionais em áreas como tecnologia da informação, serviços gerais, contêineres, instalações e mobiliário para postos médicos, cercamento, aquisição e locação de mobiliário em geral, aparelhos de raio-x, instalações para cozinhas temporárias, entre outras.

Um dos editais já divulgados pelo PNUD prevê a prestação dos serviços de locação, instalação, teste, operação, manutenção e desmontagem de aparelhos de raios-X para malas e bagagens, scanners de pessoas (magnetômetro) e scanners portáteis para a Copa das Confederações. As propostas para essa licitação podem ser entregues até 27 de março.

O PNUD também publicou solicitação de cotação para adquirir 66 armários para os vestiários de jogadores, técnicos e árbitros para o estádio. O critério para a escolha do fornecedor será o de menor preço global. O documento determina que os móveis deverão ser entregues montados até 15 de abril. O GDF explicou que esses armários também são considerados estruturas temporárias. Eles serão usados nas competições internacionais e depois serão retirados.

Ainda segundo o GDF, a parceria com o PNUD resultará em economia de aproximadamente R$ 15 milhões em relação aos valores estimados por outras cidades-sede para serviços similares.

Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Equipamentos substituem luminosidade do sol, favorecendo a germinação da grama
+
Irmãos Alan e Lula Marques registram as obras, o trabalho dos operários e o ambiente dos primeiros jogos disputados na arena de Brasília
+
Instalada em um bar da capital federal, A Casa Azul reunirá comunidade da França antes, durante e após o jogo desta segunda, contra a Nigéria, no Mané Garrincha
+
Ônibus especiais da Copa, BRT Move e linhas regulares são opções de transporte público para os torcedores em Belo Horizonte. Portões abrem às 10h, três horas antes do início do jogo
+