Coerência marcará convocação oficial da Seleção Brasileira para a Copa, garante Felipão

06/05/2014 - 18:24
Lista dos 23 jogadores que buscarão o hexacampeonato mundial será divulgada às 11h30 desta quarta, no Rio de Janeiro

Foto: Getty Images#Murtosa, Scolari e Parreira: comissão técnica testou 55 jogadores desde 2012O Brasil e o mundo saberão nesta quarta-feira (07.05) os nomes dos 23 jogadores que defenderão a camisa da seleção nacional na Copa do Mundo de 2014. Marcado para as 11h30 (horário de Brasília), no Rio de Janeiro, o anúncio será feito pelo técnico Luiz Felipe Scolari, que depois concederá uma entrevista coletiva a mais de 700 jornalistas do mundo inteiro.

Após testar 55 jogadores desde que reassumiu a Seleção, no final de 2012, Scolari terá de escolher 23. Felipão ainda fará uma lista com sete nomes adicionais e, em caso de lesão, poderá substituir jogadores antes do Mundial.

“Pode ser que exista uma surpresa para alguém ou uma divergência de nomes, o que é natural... Mas, para quem vem acompanhando o nosso trabalho, dá para saber quem serão 21, 22 jogadores, por aí. Posso adiantar que será uma lista feita com a coerência que vem marcando todas as nossas convocações”, disse o técnico para o site da Confederação Brasileira de Futebol (www.cbf.com.br).

Nove atletas foram confirmados pelo técnico antes mesmo da convocação oficial. Scolari já adiantou que os zagueiros Thiago Silva e David Luiz, o goleiro Julio César, os atacantes Fred e Neymar, e os meio-campistas Ramires, Oscar, Willian e Paulinho estarão no grupo.

Das outras 14 vagas, a maior parte não deve ter grandes surpresas. O goleiro Jefferson, o zagueiro Dante, os laterais Marcelo e Daniel Alves, o meio-campista Luiz Gustavo e os atacantes Hulk e Bernard têm sido chamados regularmente e devem estar na lista. O volante Fernandinho, do Manchester City, agradou no último amistoso do Brasil (a vitória por 5 x 0 sobre a África do Sul, no dia 5 de março de 2014) e também deve aparecer na relação.

O atacante Jô, que foi bem na Copa das Confederações como reserva de Fred, sofreu uma lesão quando atuava pelo Atlético-MG no último domingo (04.05), e virou dúvida. Como o atleticano terá de ficar 15 dias parado, Felipão pode optar por outro atacante. O técnico chegou a testar Leandro Damião, Alexandre Pato e Luis Fabiano para a posição, mas nenhum deles conseguiu se firmar.

Falta definir, também, o terceiro goleiro. Os mais cotados são Diego Cavalieri, do Fluminense, e Victor, do Atlético-MG. Para a zaga, há uma vaga aberta. Felipão já observou Miranda, do Atlético de Madrid, Marquinhos, do Paris Saint-Germain, Réver, do Atlético-MG, Dedé, do Cruzeiro, e Henrique, do Napoli. Um deles deve se garantir na Copa.

Os reservas para as laterais são outra incógnita. Na direita, o experiente Maicon, da Roma, é uma das opções, além de Rafinha, do Bayern de Munique. Na esquerda, Felipão deve escolher entre Maxwell, do Paris Saint-Germain, Filipe Luís, do Atlético de Madrid, e Adriano, do Barcelona.

Com isso, sobraria uma última vaga. Felipão pode optar por levar mais um atacante, como Robinho, do Milan, ou Lucas, do Paris Saint-Germain; escolher um meio-campista com maior poder de marcação, como Hernanes, da Inter de Milão, ou Lucas Leiva, do Liverpool; ou ainda surpreender e apostar na experiência de Kaká, meia do Milan, ou na boa fase de Philippe Coutinho, do Liverpool.

Bom retrospecto

Scolari, que levou a Seleção Brasileira ao pentacampeonato mundial em 2002, agora terá a missão de conduzir o grupo ao hexa e ainda espantar o fantasma de 1950, quando o Brasil foi derrotado em casa na final da Copa pelo Uruguai. Faltam 37 dias para o segundo Mundial a ser realizado em terras brasileiras. A Copa começa no dia 12 de junho, na Arena Corinthians, em São Paulo, com o jogo entre Brasil e Croácia.

Desde que reassumiu a Seleção Brasileira – a estreia foi numa amistoso com a Inglaterra, no dia 6 de fevereiro de 2013, que ficou 2 x 1 para os britânicos -, Felipão acumula 20 jogos, com 14 vitórias, 4 empates e 2 derrotas (além dos ingleses, a Suíça também venceu um amistoso, por 1 x 0, no dia 14 de agosto de 2013). Com Scolari no comando, o Brasil marcou 49 gols e sofreu 15 desde 2013. O aproveitamento é de 75%.

Com o grupo fechado, o trabalho entra na reta final. A Seleção Brasileira se apresenta na Granja Comary, no Rio de Janeiro, no dia 26 de maio, para iniciar a preparação específica para a Copa do Mundo. Antes da estreia no dia 12, o time fará dois amistosos: no dia 3 de junho, o Brasil enfrentar o Panamá, no Serra Dourada, em Goiânia; três dias depois, a Seleção entra em campo para medir forças com a Sérvia, no Morumbi, em São Paulo.

Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Os legados esportivos, econômicos, de infraestrutura, de imagem e promoção do Brasil, dentre outros, serão abordados nos dois dias de palestras
+
Estruturas como o Centro Integrado de Comando e Controle Móvel, usado no Mundial, foram empregadas na competição de vela que está sendo realizada no Rio de Janeiro
+