BNDES aprova financiamento para três novos hotéis

22/07/2013 - 14:17
São R$ 70,2 milhões destinados à construção de dois empreendimentos no Rio de Janeiro e um no Rio Grande do Sul

 O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou três financiamentos, no valor total de R$ 70,2 milhões, para a construção de novos hotéis no Rio de Janeiro (RJ), em Itaguaí (RJ) e em Porto Alegre (RS).

Na capital fluminense, o hotel será implantado no Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim (Galeão), sob a bandeira Linx, e deverá entrar em operação em agosto. Em Itaguaí, o Tulip Inn ficará no entroncamento entre a BR-101 (Rio-Santos) e a RJ-099. Já em Porto Alegre, o hotel da bandeira Ibis Budget (antigo Formule 1) será erguido no centro histórico da capital.

Linx Galeão

Para o Linx Galeão, o financiamento do BNDES, no valor de R$ 27,7 milhões, foi aprovado à GJP Administradora de Hotéis Ltda. Os recursos correspondem a 69% do investimento total. O hotel é de padrão econômico.

Situado a 1,5 km do terminal 2, o Linx Galeão terá 162 apartamentos, restaurante com capacidade para 106 pessoas, duas salas de conferência, piscina, academia de ginástica e garagem, entre outros itens, totalizando cerca de 8,5 mil metros quadrados de área construída.

O projeto contempla sistemas inovadores na fase de construção, tais como estruturas pré-moldadas, banheiros produzidos industrialmente e levados ao canteiro para montagem e paredes externas produzidas em chapas de concreto, montadas no local com o auxílio de guindastes. Essas técnicas construtivas proporcionam mais agilidade na obra e menor custo de manutenção.

Durante a execução do projeto, a previsão é que sejam gerados 230 postos de trabalho diretos e outros 230 indiretos. Após a conclusão, o hotel deverá empregar diretamente 75 funcionários e indiretamente mais 150. Vencedora de concorrência da Infraero, a GJP poderá explorar serviços de hotelaria na área por 25 anos.

Tulip Inn Itaguaí

Com o valor de R$ 19,6 milhões, o financiamento do BNDES para implantação do Tulip Inn em Itaguaí, região metropolitana do Rio de Janeiro, representa 54% do investimento total, complementado por recursos da sociedade de propósito específico (SPE) Tulip Itaguaí Hotelaria SPE S/A. Voltado ao turismo de negócios, o hotel terá 200 apartamentos, salão de convenções, restaurante, bar e área de fitness, com 8.549 m² de área construída.

O empreendimento será erguido ao lado do único shopping center da região, no entroncamento entre a BR-101 (Rio-Santos) e a RJ-099, a 9 km do Arco Metropolitano do Rio, que interligará Itaguaí e Itaboraí, e a aproximadamente 12 km de empresas como a Noclep, CSA, Vale, LLX, Gerdau, Usiminas e Porto de Itaguaí.

Durante as obras, está prevista a criação de 150 postos de trabalho diretos e 300 indiretos. Após a conclusão, estima-se que o hotel empregará diretamente 90 funcionários e indiretamente outros 30.

Ibis Budget Porto Alegre

O financiamento do BNDES à Hotelaria Accor Brasil S/A, no valor de R$ 22,9 milhões, é uma operação indireta não automática, intermediada pelo HSBC Bank Brasil S/A – Banco Múltiplo.

A operação representa 62,8% do investimento total para implantação do Ibis Budget Porto Alegre no Centro Histórico da capital gaúcha. Localizado em terreno de aproximadamente 2,3 mil metros quadrados, o empreendimento contará com cerca de 11,6 mil m² de área construída, distribuída em 18 pavimentos.

O hotel terá 322 apartamentos, lobby, restaurante e estacionamento para 137 veículos. O Ibis Budget ficará a cerca de 8 km do Aeroporto Internacional Salgado Filho e 5 km da rodoviária. O hotel estará próximo também de pontos turísticos como Usina do Gasômetro (2 km), Parque Farroupilha (1,2 km), Praça da Matriz (1,1 km), Cais do Porto (700 m), Mercado Público Central (400 m) e Lago Guaíba (200 m). Também ficam nas imediações empresas como Gerdau e Ceitec.

A previsão é que sejam gerados 140 empregos diretos e outros 70 indiretos durante a execução do projeto. Após a conclusão, prevista para o segundo semestre de 2014, estima-se que o hotel empregue 50 pessoas diretamente e 60 indiretamente.

Fonte: BNDES

Notícias Relacionadas

Estádio de Natal é o nono dos utilizados durante a Copa a obter o selo
+
Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Os legados esportivos, econômicos, de infraestrutura, de imagem e promoção do Brasil, dentre outros, serão abordados nos dois dias de palestras
+