Bastidores: chegada de delegações leva uma pitada de Copa a Florianópolis

18/02/2014 - 17:54
Comissões técnicas e treinadores mudaram a rotina do aeroporto Hercílio Luz. Representantes das 32 equipes da Copa participam de seminário na capital catarinense

Fotos: Pedro de Oliveira/Portal da Copa/ME#Stephen Keshi (E, acima), Ottmar Hitzfeld, Oliver Bierhoff, Niko Kovac, o balcão de chegada e el maestro Tabárez

"O que é este balcão? É para visto?", perguntou uma senhora à amiga, ao avistar uma bancada montada pela equipe da FIFA no desembarque do aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis. É a partir dali que a equipe da entidade direciona as delegações para os carros que as conduzem até o Costão do Santinho. O movimento foi grande ao longo desta terça-feira (18.02).

Além do balcão, a forte presença de policiamento chamou a atenção dos moradores da capital catarinense. “O que está acontecendo?” foi uma pergunta que a equipe de reportagem respondeu diversas vezes às pessoas que esperavam amigos e parentes no aeroporto e estranharam a movimentação. O Seminário das Seleções será realizado até 20 de fevereiro em Florianópolis. As delegações receberão informações sobre temas técnicos, segurança, médicos, relações com a imprensa, emissão de ingressos e hospitalidade, transporte, hospedagem e marketing.

Cada um na sua

Cada técnico desembarcou ao seu estilo. O treinador da França, Didier Deschamps, pediu uns minutinhos antes de entrar no carro oficial da FIFA para fumar um cigarro e não quis falar com os jornalistas. Já o nigeriano Stephen Keshi falou da alegria de estar no Brasil. “É sempre um prazer vir para cá. Eu costumava vir quando era jogador”, disse o treinador, ao arrumar as sandálias.

O meio da tarde foi dominado por alemães. O técnico da Suíça, o alemão Ottmar Hitzfeld, em estilo formal, evitou o contato com a imprensa. Na delegação da Alemanha, chamou a atenção a simpatia do ex-jogador e atual diretor técnico da seleção, Oliver Bierhoff. Sua presença, entretanto, indicou a ausência do treinador da equipe, Joachim Löw, no Seminário das Seleções.

Já o técnico da Croácia, Niko Kovac – que também nasceu na Alemanha, apesar das origens croatas e de ter jogado pela seleção do leste europeu – entrou rapidamente na van reservada pela FIFA.

Na sequência, foi a vez dos uruguaios. “El maestro” Oscar Tabárez preferiu deixar para falar sobra a seleção diretamente no Costão do Santinho, mas cumprimentou os jornalistas e disse que fez boa viagem.

#Festa da família de Bruno Haeming gerou breve momento de desencontro para delegação coreana

Breve desencontro

Um momento inusitado ocorreu já no fim da tarde. A delegação da Coreia do Sul chegou justamente no momento em que Bruno Haeming, de 23 anos, foi recebido pela família ao retornar de intercâmbio de seis meses na Alemanha. A festa foi tanta para o estudante que os coreanos se assustaram e se dirigiram para o local errado. Rapidamente o desencontro foi contornado e a comitiva seguiu seu caminho, sem a presença do técnico Hong Myung-Bo.

Mais delegações são esperadas ainda na noite desta terça no aeroporto de Florianópolis. Os representantes das 32 equipes iniciarão as atividades do Seminário de Seleções na quarta (19.02), às 8h30, quando o o planejamento e a logística da Copa de 2014 começam a ser detalhados às equipes.

Carol Delmazo – Portal da Copa

Notícias Relacionadas

O turismo de natureza está entre os segmentos que mais cresce no mundo, com índices de 10% a 15% ao ano
+
Torcedores estão em Salvador para assistir ao jogo contra a Holanda neste sábado
+
Aeroporto de Campinas investe R$ 2,5 bilhões em obra de novo terminal que ampliará capacidade para 22 milhões de passageiros ao ano
+
Dia de maior movimento foi registrado em 17 de junho, data da partida entre Brasil e México
+