Argélia atropela a Coreia do Sul e mantém chances de classificação

22/06/2014 - 18:01
Africanos fizeram 4 x 2 após 32 anos sem vitórias em Copas do Mundo

Getty Images#

A Argélia teve uma tarde histórica neste domingo (22.06), no Beira-Rio, em Porto Alegre. Em sua quarta participação na Copa do Mundo da FIFA, os africanos golearam a Coreia do Sul por 4 x 2 e voltaram a vencer no torneio após 32 anos de jejum. A última vitória havia sido na Copa de 1982, na Espanha, em um 3 x 2 contra o Chile. O resultado deixa os argelinos na vice-liderança do Grupo H, a um empate da inédita classificação para as oitavas de final.

A última rodada do Grupo H será na quinta-feira (26.06), quando a Argélia enfrenta a Rússia em Curitiba e a Coreia do sul encara a já classificada Bélgica em São Paulo. As duas partidas estão marcadas para as 17h.

» Após confronto em Porto Alegre, argelinos reverenciam torcedores e coreanos se desculpam pela derrota

» Clima de cordialidade entre argelinos e coreanos contagia brasileiros antes de partida em Porto Alegre

Além de encerrar o longo período sem vitórias na Copa, os argelinos também aumentaram bastante a média de gols na competição. Em sua quarta participação, os africanos tinham 10 jogos e apenas sete gols marcados. Além disso, a Argélia nunca tinha feito quatro gols em uma única partida no Mundial.

Primeiro tempo

O domínio da Argélia na partida ficou evidente desde o começo. Nos três primeiros minutos, os argelinos já tinham finalizado duas bolas com perigo. Um anúncio do que estava por vir. Pressionando principalmente na base dos cruzamentos e lançamentos, os argelinos abriram o placar aos 16 minutos. Medjani lançou Slimani em velocidade, o atacante dominou entre dois defensores e tocou na saída do goleiro, para a festa da torcida argelina em Porto Alegre.

Getty Images#

Dois minutos depois, mais um gol. Djabou cobrou escanteio na medida para Halliche (foto à direita). Ele se antecipou ao goleiro Sung, que saiu mal do gol, e abriu 2 x 0 para a Argélia. Com a vantagem, os africanos diminuíram o ritmo e passaram a tocar mais a bola. Inofensiva, a Coreia do Sul não conseguia criar situações de gol, e uma falha da defesa dificultou ainda mais a vida da equipe.

Aos 38 minutos, a defesa cortou mal um lançamento logo e a bola caiu nos pés de Slimani, o melhor jogador do primeiro tempo. O atacante partiu para cima dos zagueiros, invadiu a área e rolou na medida para Djabou. Na cara do gol, ele tocou de esquerda no canto, marcando o terceiro gol dos argelinos na partida.

Segundo tempo

 Depois de passar o primeiro tempo inteiro sem dar um chute a gol, a Coreia do Sul resolveu o problema rapidamente na volta do intervalo. Aos 5 minutos, Son recebeu lançamento na área, a bola bateu nas costas do atacante, que conseguiu dominar, puxar para a esquerda e finalizar por baixo das pernas do goleiro Rais. Primeiro chute e primeiro gol dos sul-coraenos.

A Coreia se animou com o gol e foi pra cima com tudo. Em cobrança rápida de falta pela direita, o zagueiro argelino tirou a bola em cima da linha aos 12 minutos. Logo depois, Ki acertou um chute forte de fora da área, mas Rais voou pra fazer a defesa. Aos 16, veio o castigo. Brahimi tabelou bonito com Feghouli e tocou por baixo do goleiro sul-coreano para marcar o quarto gol da Argélia na partida.

Abatidos, os asiáticos demoraram um pouco a se recompor. Mas aos 26 a seleção sul-coreana conseguiu diminuir o placar mais uma vez. Lee Keunho aproveitou passe de cabeça dentro da área pela esquerda e rolou no meio para Koo tocar de joelho para o fundo das redes: 4 x 2 Argélia. Depois do gol, a Coreia seguiu em cima e os argelinos se defendendo, mas os asiáticos não conseguiram continuar a reação e acabaram derrotados no Beira-Rio.

Coreia do Sul x Argélia - Porto Alegre

Coreia do Sul x Argélia - Porto Alegre

Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Arena é a sétima construída para a Copa do Mundo a ter selo que atesta adoção de medidas sustentáveis na edificação. Capital gaúcha passa a ter dois palcos com registro do Green Building Council
+
Foi movimentado mais de um bilhão de reais na economia do estado, que recebeu 160 mil turistas estrangeiros e teve taxa média de ocupação hoteleira de 80%
+
Espaços oferecem entretenimento, local para descanso, informações turísticas, internet wifi e outras comodidades para os viajantes. No Santos Dumont, 26,8 mil pessoas aproveitaram a estrutura oferecida
+
Mais de 350 mil turistas passaram pela cidade que recebeu cinco jogos do Mundial. Iniciativas locais, como o Caminho do Gol, atraíram a atenção da FIFA
+