Arena Pernambuco: região metropolitana de Recife ganhará um novo pólo de urbanização

20/05/2013 - 00:24
Terreno no qual foi construído o estádio abrigará complexo residencial, prédios de escritórios, universidade, hotéis e centros de lazer

Além de valorizar o futebol pernambucano com um estádio de padrão internacional e colocar o estado no foco do mundo com três jogos da Copa das Confederações e cinco da Copa do Mundo de 2014, a Arena Pernambuco é o marco inicial de um novo vetor de urbanização da região. Com mais de 3,7 milhões de habitantes, de acordo com dados de 2012 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população da região metropolitana de Recife só fica atrás das de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre e Distrito Federal/Entorno.

Localizado no Oeste Metropolitano, o estádio foi construído em uma área limítrofe dos municípios de São Lourenço da Mata, Recife, Camaragibe e Jaboatão dos Guararapes.

A arena ocupa 35 hectares dos 242 destinados ao projeto Cidade da Copa, que pretende transformar a cidade de São Lourenço da Mata. Com previsão de investimento privado de cerca de R$ 1bilhão ao longo de 20 anos, o local pode abrigar 4,5 mil residências, dezenas torres de escritórios, um campus universitário, um ginásio com capacidade para 10 mil pessoas, um shopping center, hotéis e supermercados. O projeto também prevê o uso de espaços às margens do rio Capibaribe como locais de lazer e mais da metade do terreno será reservada a espaços abertos, com proteção da vegetação. O local contará com faixas exclusivas para ciclistas e pedestres terão preferência na mobilidade.

O início da construção dos arredores da Arena Pernambuco está previsto para após a Copa do Mundo. O Governo do Estado de Pernambuco estima que, entre 2014 e 2024, as obras possam gerar cerca de 10 mil empregos diretos. Na segunda fase do projeto (2025 a 2034), outros 8 mil trabalhadores devem ser contratados. Com todo o complexo em funcionamento, as vagas de trabalho permanente girarão em torno de 14 mil empregos nas diversas atividades da Cidade da Copa.

A Cidade da Copa também contará com o Centro de Comando e Controle Integrado (CCCI), que vai abrigar atividades de planejamento de segurança, comunicação, controle de viaturas, videomonitoramento e contará com serviços de emergência da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), do Corpo de Bombeiros, da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e a empresa de meteorologia Climatempo.

Veja um vídeo com as principais rotas de acesso à Cidade da Copa

» Acompanhe a cobertura completa do Portal da Copa para a inauguração da Arena Pernambuco

Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Equipamentos substituem luminosidade do sol, favorecendo a germinação da grama
+
Tarifa é de R$ 2,15 e os usuários que desejarem experimentar o novo modal poderão utilizar o Vale Eletrônico Metropolitano (VEM)
+
Espaços oferecem entretenimento, local para descanso, informações turísticas, internet wifi e outras comodidades para os viajantes. No Santos Dumont, 26,8 mil pessoas aproveitaram a estrutura oferecida
+
Estádios da Copa 2014 são pioneiros na busca de certificação ambiental internacional
+