Arena das Dunas: novo padrão de conforto e segurança para os torcedores

22/01/2014 - 09:05
Estádio de Natal para a Copa conta com quatro diferentes tipos de assentos, acessibilidade da bilheteria à arquibancada, centro de comando e controle, câmeras que fazem reconhecimento facial, além de estacionamento coberto e telões com imagens em alta resolução

#Clique na imagem para ver a cobertura completa da inauguraçãoProjetada para atender aos padrões exigidos em torneios como a Copa do Mundo, a Arena das Dunas representa um novo patamar de qualidade para a experiência dos torcedores. O estádio conta com estacionamento coberto, auditório, camarotes, Espaço Vip, telões em alta resolução, centro de comando e controle e quatro diferentes tipos de assentos.

O acesso é privilegiado, já que ela está localizada no centro de Natal. Quem for a um dos quatro jogos da Copa no local passará por uma das 75 catracas que permitem acessar as 21 entradas que levam aos quatro níveis da arena. São 18 escadas e três rampas para atender às pessoas com mobilidade reduzida. Ao redor do estádio há 20 escadas metálicas que levam às arquibancadas superior e inferior, além de um anel que permite a circulação por todos os setores.

Ao chegar à arquibancada, os torcedores encontrarão assentos rebatíveis e com encosto. No total, são quatro tipos de cadeiras, em diferentes tons de azul, todas feitas de polipropileno de alto impacto e poliamiamida, reforçada com fibra de vidro, o que permite maior resistência e durabilidade. Os assentos não propagam chamas e receberam as certificações exigidas.

Foto: Danilo Borges/Portal da Copa#

Para o público das zonas de “hospitalidade”, a diferença é que os assentos possuem braços. Já para a área Vip, para os camarotes do nível 1 e para o camarote “Bossa Nova”, as cadeiras têm encosto, são rebatíveis, estofadas, com braços e porta copos. O público Very Vip e dos camarotes do nível 2 terá assentos mais altos que os da área Vip e dos camarotes do nível 1.

A escolha pelas cores foi uma opção no projeto arquitetônico, como explica Charles Maia, diretor da Arena das Dunas. “É um azul degradê. Torna-se uma espécie de oásis, compativel com o desenho do projeto. São quatro tons de azul, dando ideia de movimento”, explica.

A arena conta, ainda, com 25 quiosques de alimentação e 30 banheiros espalhados pelos diversos setores e níveis do equipamento.

Mais conforto

Os torcedores que chegarem com o próprio veículo terão 2.500 vagas de estacionamento, sendo 557 cobertas. Há vagas destinadas a deficientes, idosos, carros que usam energia limpa, motos, ônibus, além de um bicicletário. Localizado no térreo, o estacionamento coberto tem elevadores que dão acesso direto aos camarotes.

Foram construídos 39 camarotes, com 30 ou 50 lugares, dependendo da localização. Mobiliados com mesas, cadeiras, sofás, balcão e TV, cada camarote possui banheiro privativo e conta com serviços exclusivos. A arena também tem quatro lounges (com 250, 500 e dois com mil lugares), com sanitários privativos e os mesmos serviços dos camarotes.

Foto: Danilo Borges/Portal da Copa#

Acessibilidade

Com rampas, elevadores, assentos para obesos, espaço reservado para cadeirantes, informação visual e piso com sinalização tátil do portão de entrada à arquibancada, a arena atende a todos os requisitos de acessibilidade.

“A arena está acessível em todos os níveis, com rampas e elevadores. Nos camarotes há banheiros acessíveis, ao redor da arena há sanitários masculinos e femininos com acessibilidade, bem distribuídos para atender a todos os portadores de necessidade especiais. Há piso tátil desde o portão externo, passando pelas bilheterias, até chegar à arquibancada”, detalha Charles Maia.

No total, são 521 assentos para deficientes, dentre eles, 269 para pessoas com mobilidade reduzida, 74 para obesos e 104 espaços destinados aos cadeirantes.

Tecnologia

Foto: Danilo Borges/Portal da Copa#A segurança do estádio será coordenada pela equipe presente no Centro de Comando e Controle da arena, instalado em uma sala com mais de 80m², com equipamentos que permitem o monitoramento das imagens captadas por 200 câmeras, capazes de fazer reconhecimento facial dos torcedores.

“A sala de comando fica conjugada com o pessoal que controla o som e os telões. Ela fica no nível dos camarotes. Temos mais de 200 câmeras que fazem a cobertura de todas as áreas externas e internas. Quem está na arena está sendo visto pelo pessoal da sala de comando e controle, com equipamentos que fazem identificação facial”, afirma Charles Maia.

As informações ao público e os lances do jogo são transmitidos, com clareza, pelo sistema de som e pelos dois telões de 64m² (10,4m de largura e 6,22 de altura). Os telões estão instalados na cobertura, nos setores sudeste e noroeste, e transmitem imagens em alta resolução.

Em caso de emergência, o projeto da arena foi pensado para que o tempo de evacuação seja de, no máximo, oito minutos.  

» Confira a cobertura completa da inauguração da Arena das Dunas, com textos, vídeos, fotos e infográfico

Assista a um vídeo exclusivo que mostra os detalhes da arena

Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Estádio de Natal é o nono dos utilizados durante a Copa a obter o selo
+
Mundial de futebol quebrou recordes históricos e se tornou o evento mais comentado do ano nas redes sociais em todo o mundo
+
Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+