Arena da Baixada: conheça as medidas sustentáveis adotadas na reforma do estádio

09/05/2014 - 08:32
Preocupação com a sustentabilidade marcou a obra desde o início

Foto: ArenaCAP#

Medidas sustentáveis foram adotadas na reforma da Arena da Baixada desde o início dos trabalhos, assim como aconteceu nas obras dos demais estádios que vão receber jogos da Copa do Mundo da FIFA 2014 no Brasil. Em Curitiba, a produção de elementos modulares para a reforma foi feita em série, com o objetivo de diminuir gastos de energia na fabricação, no traslado e na montagem das peças. Os sistemas estruturais de concreto foram padronizados, para reduzir o uso de formas.

No que diz respeito aos recursos hídricos, a palavra de ordem é o reuso. “É o que chamamos de manejo eficiente de recursos hídricos. Com isso, conseguimos o reaproveitamento da água. Isso é feito por calhas, assim a água da chuva é captada e conduzida até tanques de armazenagem e tratamento”, explicou Carlos Arcos, arquiteto responsável pela Arena da Baixada. As torneiras dos banheiros também possuem arejadores e temporizadores.

De acordo com Arcos, o projeto cumpre com todas as normativas estabelecidas pelo sistema LEED 2009, e arena está passando pelo processo de certificação, concedida pelo instituto norte-americano Green Building. “Também temos proteção solar e ventilação natural para reduzir a carga térmica de espaços interiores. A cobertura em painéis de policarbonato é importante para reduzir o aquecimento geral”, acrescentou. O sistema de climatização reduz em 30% o consumo, quando comparado aos sistemas tradicionais. 

A iluminação da arena foi pensada para reduzir o consumo de energia elétrica. Dessa forma, a maioria das áreas será iluminada naturalmente. O uso das lâmpadas de Led permite a minimização da iluminação exterior e interior.

A automação é outra característica sustentável da Arena da Baixada: todos os sistemas hidrossanitários, energéticos, de climatização e de ventilação são automatizados, obtendo uma redução geral nos consumos.

» Vídeo, fotos e infográfico: conheça os detalhes da Arena da Baixada

Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Estádio de Natal é o nono dos utilizados durante a Copa a obter o selo
+
Arena é a sétima construída para a Copa do Mundo a ter selo que atesta adoção de medidas sustentáveis na edificação. Capital gaúcha passa a ter dois palcos com registro do Green Building Council
+
Cooperativas de catadores atuaram nos 12 estádios do Mundial para a recuperação e separação dos resíduos deixados pelos torcedores durante os jogos
+
Na arena Castelão, foram 49,4 toneladas, enquanto na Fan Fest foram outras 41,4 toneladas. Atividade envolveu 350 catadores de 17 instituições
+