Apesar da goleada, torcida fica até o fim do jogo na Fan Fest de Brasília

08/07/2014 - 20:20
Vinte e cinco mil pessoas acompanharam a maior derrota da história da Seleção. Atônitos, muitos pareciam acreditar na virada impossível

Fotos: Renato Freire/Portal da Copa#Tristeza e perplexidade tomou conta dos torcedores na Fan Fest de BrasíliaUm vexame é capaz de provocar reações inexplicáveis. As mesmas pessoas que acompanhavam em silêncio e com lágrimas nos olhos a goleada sofrida pela Seleção Brasileira pareciam acreditar na virada impossível a cada ataque do time. Foi esse o comportamento dos 25 mil presentes à Fan Fest de Brasília – menor público do evento em dia de jogos do Brasil - durante grande parte da vitória por 7 x 1 da Alemanha. Muitos permaneceram no Taguaparque até o fim da partida desta terça-feira (08.07), válida pela semifinal da Copa do Mundo.

Vários torcedores também ficaram para a apresentação do cantor Leo Jaime, principal atração musical do dia. Assim como o público, ele acreditava em vitória verde a amarela. “Vamos ganhar de 2 x 0, gols de Luiz Gustavo e Fred, que vai calar a boca dos críticos. O Brasil vai enfrentar uma pedreira, mas a Alemanha vai enfrentar uma pedreira muito maior”, previu o músico, sem sucesso, em entrevista para os jornalistas uma hora antes da partida. 

Não houve brigas nem ocorrências graves dentro da Fan Fest. Apenas resignação e tristeza. Sem tirar os olhos do telão principal do evento, o pedreiro Pedro Augusto Ferreira, de 50 anos, ensaiava uma explicação enquanto o vexame se desenhava. “Futebol tem dessas coisas. Os caras da Alemanha atacaram, o Brasil falhou algumas vezes e eles fizeram os gols. Pronto”. Outros espectadores partiam para gozação, como o auxiliar de serviços gerais Júnior de Teixeira, 27 anos. “Ainda vamos empatar!”.Foto: Renato Freire/Portal da Copa#

Antes do show, os torcedores ainda viram, pelo telão, a reunião do técnico Luiz Felipe Scolari com os jogadores no gramado do Mineirão, em Belo Horizonte. Assistiram – e aplaudiram – à entrevista do goleiro Júlio César e acompanharam a exibição do clipe da música oficial da Copa, “We Are One (Ole Ola)”. Um grupo de adolescentes chegou a entoar o canto “Sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor”. A estudante Fernanda Eduarda, de 14 anos, explicava: “Temos cinco Copas do Mundo. Ganhando ou perdendo, sou Brasil. Sempre”.

Quinze minutos após a partida, quando os músicos se ajeitavam no palco, o apresentador da Fan Fest, Marcos Rosa, tentou animar o público. “Alô, Brasília! Ninguém esperava isso, gente... Mas Copa do Mundo é festa, alegria. A Fan Fest continua!”. Rosa saiu de cena e cedeu o espaço para Leo Jaime, que foi direto ao ponto: sem comentar o desastre da Seleção Brasileira, abriu o show com o hit “Conquistador Barato” e tentou animar a multidão.

As outras atrações do dia, antes da partida, foram os DJs Cotonete e Thiago Freitas, as bandas Paradiso e Mel da Terra.

Só mais três dias

A programação da Fan Fest em Brasília está prevista para começar por volta do meio-dia e terminar às 21h30 e ocorre sempre em dias de jogos, em qualquer cidade-sede.  Portanto, haverá apenas mais três dias de evento: nesta quarta-feira (9.07), dia de Argentina x Holanda pelas semifinais; no sábado (12.07), data da disputa do terceiro lugar; e no domingo (13.07), quando será disputada a final da Copa.

Local privilegiado

O Taguaparque é um espaço público localizado em área que concentra mais da metade da população do Distrito Federal: Taguatinga, Ceilândia, Samambaia, Águas Claras, Guará e regiões vizinhas.

Confira a programação da Fan Fest para quarta-feira (09.07)

12h - Abertura dos portões
12h15 - DJ Kiko Barretto
13h30 - Interação com o público
15h - Patubatê
17h - Transmissão de Argentina x Holanda
19h05 - Daniela Mercury
20h35 - DJ Vega
21h - Fechamento dos portões

Renato Freire, do Portal da Copa em Brasília

Notícias Relacionadas

Mundial de futebol quebrou recordes históricos e se tornou o evento mais comentado do ano nas redes sociais em todo o mundo
+
Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Evento “Copa 2014: legados para o Brasil” mostra resultados econômicos, culturais e de infraestrutura
+