Aldo Rebelo visita no interior paulista três Centros de Treinamento da Copa do Mundo

24/02/2014 - 15:24
Ministro do Esporte esteve nas instalações que receberão Rússia e Japão, em Itu, e na que hospedará a equipe de Honduras, em Porto Feliz

Itu e Porto Feliz, no interior de São Paulo, receberam neste sábado (22.02) a visita do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, que foi conferir três Centros de Treinamentos de Seleções (CTS) que receberão equipes na fase de preparação e durante a disputa da Copa do Mundo.

Em Itu, o Estádio Municipal Novelli Júnior receberá a Seleção da Rússia, e o Spa Sport Resort será a casa do Japão. Já Porto Feliz terá como hóspede, no CT do Desportivo Brasil, a Seleção de Honduras.

Paulo Rossi/ME#Ministro do Esporte visita estrutura que abrigará a seleção de Honduras durante a Copa em Porto Feliz (SP)

A primeira escala da visita de Aldo Rebelo, foi o Estádio Novelli Júnior, que passa por obras de ampliação para abrigar um campo extra de treinamento e um centro de preparação física e recuperação (Refis). Por se tratar de infraestrutura pública, o estádio foi contemplado com R$ 2,8 milhões do Ministério do Esporte para se transformar em um CTS da Copa do Mundo.

Recebido pelo prefeito de Itu, Antônio Luiz Carvalho, e pelo secretário municipal de Esporte, Antônio Carlos Bertagnolli, o ministro do Esporte conversou com os engenheiros responsáveis pelas obras e foi informado dos detalhes do projeto. A previsão é de que o campo de treinamento seja entregue em 15 de março, enquanto o centro de preparação física estará concluído em 18 de maio. A delegação russa vai chegar a Itu no dia 5 de junho.

“É importante que tudo seja concluído dentro do prazo e que a cidade cause uma boa impressão logo no início”, afirmou Aldo Rebelo. “Não são apenas as seleções da Rússia e do Japão que virão para cá. Haverá turistas e jornalistas, credenciados e não credenciados para a Copa do Mundo”, lembrou o ministro, que recebeu do prefeito de Itu a garantia de que a cidade, a 90 quilômetros da capital, estará preparada para funcionar como uma sub sede do Mundial.

Nacionalização da Copa

A segunda parada na tarde de sábado aconteceu no Spa Sport Resort, empreendimento privado que reúne hotelaria e infraestrutura esportiva. Aldo Rebelo visitou dois campos de treinamento, a academia de ginástica e as obras do prédio que deixará o complexo com 128 quartos. A previsão de conclusão é 30 de maio. Os japoneses reservaram o período de 7 de junho a 3 de julho,  já prevendo que o time se classifique para as oitavas de final.

“Itu mostrou competência ao atrair duas seleções que vão disputar a Copa. A cidade se encaixa no projeto do governo federal de nacionalização dos benefícios da Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos. A estrutura esportiva que fica credencia Itu para participar de outros grandes eventos, não só esportivos”, previu o ministro.

Avaliação positiva

A terceira e última escala da visita de sábado ocorreu em Porto Feliz, a 15 quilômetros de Itu. O Centro de Treinamento do Desportivo Brasil foi escolhido pela Seleção de Honduras para aclimatação e treinamento durante a Copa do Mundo. Aldo Rebelo se encontrou com o prefeito Levi Rodrigues e conheceu as instalações do complexo, que é privado.

O ministro destacou a qualidade dos dois campos de treinamento e admirou a galeria de fotos históricas de futebol que se espalham pelas paredes dos corredores. A administração do complexo informou que os dirigentes hondurenhos gostaram do que viram e não pediram nenhuma obra adicional.

Aldo Rebelo fez uma avaliação positiva da visita a Itu e Porto Feliz e renovou a disposição de vistoriar todos os CTS escolhidos pelas equipes que vão disputar a Copa do Mundo.

Fonte: Ministério do Esporte

Notícias Relacionadas

Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Evento “Copa 2014: legados para o Brasil” mostra resultados econômicos, culturais e de infraestrutura
+
Os legados esportivos, econômicos, de infraestrutura, de imagem e promoção do Brasil, dentre outros, serão abordados nos dois dias de palestras
+