Programa da ONU promove oficinas para inventário de emissões de gases na Copa do Mundo

21/10/2013 - 18:32
Agentes locais nas doze cidades-sede, que começam a receber treinamento nas próximas semanas, irão mensurar emissões

A preparação do Brasil para a Copa do Mundo envolve também as mudanças climáticas. Eventos deste porte demandam novos investimentos em infraestrutura, que geram benefícios, mas também emissões. Adicionalmente, os milhares de torcedores que percorrerão o país também vão gerar emissões de gases de efeito estufa.

A dimensão real dessas emissões será mensurada por agentes locais nas doze cidades-sede, que começam a receber treinamento nas próximas semanas. Também serão identificadas medidas passíveis de serem implementadas para a redução e compensação dessas emissões.

O Workshop “Inventário de Emissões da Copa do Mundo 2014” é direcionado para profissionais de transporte, construção civil, gestão de resíduos e de outras áreas diretamente envolvidas com a competição. Os convidados para a oficina foram selecionados pelas Secretarias Especiais da Copa (Secopa) de cada estado.

A capacitação faz parte do projeto “Opções de Mitigação de Gases de Efeito Estufa em Setores-Chave do Brasil”, executado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA). O Ministério do Meio Ambiente (MMA) é parceiro na realização das oficinas. Brasília será a sede do primeiro workshop, a partir de segunda-feira, 21 de outubro.

O workshop durará dois dias e será ministrado por instrutores do PNUMA, com participação de consultores do MMA responsáveis pelo levantamento das informações. O conteúdo inclui um panorama sobre mudanças climáticas, uma introdução aos diversos tipos de inventários de emissões de gases de efeito estufa e a metodologia selecionada para ser aplicada para a Copa de 2014, além de dinâmicas, discussões e debates.

Cronograma

Além de Brasília nos dias 21 e 22 de outubro, as próximas cidades a receber o workshop são Natal em 24 e 25 de outubro, Cuiabá e Curitiba em 31 de outubro e 1 de novembro, Recife e Salvador em 4 e 5 de novembro, Fortaleza e São Paulo em 11 e 12 de novembro, Belo Horizonte e Porto Alegre em 18 e 19 de novembro, e Manaus e Rio de Janeiro em 21 e 22 de novembro.

Fonte: ONU

Notícias Relacionadas

Estádio de Natal é o nono dos utilizados durante a Copa a obter o selo
+
Mundial de futebol quebrou recordes históricos e se tornou o evento mais comentado do ano nas redes sociais em todo o mundo
+
Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+