O caminho da Inglaterra

Inventores do futebol, os ingleses se recusaram a disputar as primeiras edições da Copa do Mundo. A estreia na competição foi justamente no Mundial de 1950 no Brasil, que agora recebe a Inglaterra para a sua décima quarta participação. O sonho do bicampeonato, conquistado em 1966, ficou mais próximo no torneio de 1990, quando os ingleses terminaram em quarto. Já na última Copa do Mundo o desempenho da equipe ficou abaixo das expectativas dos torcedores.

Por isso, o técnico Roy Hodgson optou por convocar um grupo de jovens valores, mesclados com alguns atletas experientes e consagrados, como os meio-campistas Lampard, do Chelsea (ING), Gerrard, do Liverpool (ING), além de Wayne Rooney, atacante do Manchester United (ING). A nova geração conta com nomes que se destacaram na Liga Inglesa, como o meia Jack Wilshere, do Arsenal (ING), dos atacantes do Liverpool Daniel Sturridge e Raheem Sterling, este com apenas 19 anos, e Danny Welbeck, do Manchester United. A baixa fica por conta de Theo Walcott, do Arsenal, lesionado.

Nas Eliminatórias da Europa, a Inglaterra conquistou a vaga direta para o Mundial ao terminar na liderança da sua chave com seis vitórias e quatro empates em dez jogos. Além da Copa de 1966, o English Team conquistou as Olimpíadas em 1900, 1908 e 1912.

No Mundial de 2014, a Inglaterra caiu no Grupo D, ao lado de Uruguai, Itália e Costa Rica. A saga inglesa começa com o clássico diante da Azzurra, na Arena da Amazônia, em Manaus. A bola rola no dia 14 de junho. O segundo jogo será contra o Uruguai, na Arena Corinthians, em São Paulo, no dia 19 de junho. A última partida na primeira fase será no Mineirão, em Belo Horizonte, diante da Costa Rica. A partida está marcada para 24 de junho.

Portal da Copa