O caminho da Croácia

Ao lado da Bósnia-Herzegovina, a Croácia será um dos países originados da antiga Iugoslávia que estarão representados na Copa do Mundo de 2014. Desde que se tornou independente, os croatas estiveram nas edições de 1998, 2002 e 2006 do Mundial. A primeira participação, inclusive, foi a melhor da história da seleção, quando Davor Suker, Robert Prosinecki e companhia surpreenderam a todos e alcançaram o terceiro lugar.

A geração atual pode não ser tão talentosa, mas conta com nomes de destaque no futebol internacional. São os casos do meia Luka Modric, do Real Madrid (ESP), e do atacante Mario Mandzukic, do Bayern de Munique (ALE), que serão comandados pelo técnico Niko Kovac, de 42 anos, que defendeu as cores do país quando era jogador. O treinador, inclusive, esteve em campo na única vez que o país enfrentou o Brasil em Copas, quando a Seleção Brasileira venceu por 1 x 0 em 2006, ainda pela fase de grupos.

Nas Eliminatórias da Europa, os croatas precisaram enfrentar a Sérvia, país que também formava a Iugoslávia. No confronto direto entre as duas nações, melhor para a Croácia, que venceu um jogo em casa e empatou outro fora. Os bons resultados também se refletiram na classificação da chave: a seleção ficou em segundo lugar, atrás da Bélgica. Para garantir a vaga, a Croácia teve de enfrentar a Islândia no confronto de repescagem. Uma vitória por 2 x 0 em Zagreb selou a classificação.

A estreia dos croatas na Copa do Mundo será numa partida de gala: a abertura da competição, contra o Brasil, na Arena Corinthians, em São Paulo. O duelo válido pelo Grupo A será no dia 12 de junho. Depois, a delegação viaja para Manaus, onde enfrentará Camarões na Arena da Amazônia, no dia 18 de junho. A terceira e última partida dos croatas na primeira fase será no dia 23 de junho, na Arena Pernambuco. Caso conquiste a classificação como um dos dois melhores da chave, a Croácia terá pela frente, nas oitavas de final, os melhores do Grupo B, composto por Espanha, Holanda, Chile e Austrália. Uma dura missão. 

Portal da Copa