O caminho de Camarões

Uma das mais tradicionais seleções africanas, com quatro títulos continentais (1984, 1988, 2000 e 2002), uma medalha de ouro olímpica (2000) e classificada para a sua sétima Copa do Mundo, Camarões deposita suas esperanças no atacante Samuel Eto'o, 33 anos, que atua no Chelsea (ING). No entanto, repetir a campanha do Mundial de 1990, quando a equipe capitaneada por Roger Milla chegou às quartas de final e terminou em sétimo, parece ser algo distante para a seleção atual.

O técnico alemão Volker Finke terá a seu favor a experiência dos atletas, já que a maioria atua em grandes ligas europeias, como os campeonatos francês, espanhol e alemão. Além de Eto'o, o atacante Pierre Webo, do Fenerbahçe (TUR), e o volante Alexandre Song, do Barcelona (ESP), são os outros nomes de destaque.

Camarões carimbou o passaporte para a Copa com uma goleada sobre a Tunísia por 4 x 1 na partida de volta do mata-mata das Eliminatórias da África. O primeiro jogo havia terminado 0 x 0. A exemplo de 1994, os Leões Indomáveis caíram na mesma chave do Brasil - na ocasião perderam para a equipe canarinho por 3 x 0. O Grupo A do Mundial ainda tem Croácia e México.

Para percorrer os três jogos, a equipe africana fará um tour pelas regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste do Brasil. O primeiro jogo será diante do México na Arena das Dunas, em Natal, no dia 13 de junho. A segunda partida terá como palco a Arena da Amazônia, em Manaus, no dia 18 de junho. Encerrando a fase de grupos, Camarões irá a Brasília no dia 23 de junho, para um duelo diante da Seleção Brasileira, no Estádio Nacional Mané Garrincha.

Portal da Copa